Correio de Carajás

Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

Pequenos produtores comemoram as primícias da safra com doação de frutas à merenda escolar de Marabá

PRIMÍCIAS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Associação de Hortifrutigranjeiros, Pescadores e Ribeirinhos de Marabá, localizada na comunidade Boa Esperança, distante 15 quilômetros, próximo à região do Carrapato, está comemorando a surpreendente colheita de melancia, ao todo foram trezentas toneladas da fruta.

Na manhã desta sexta-feira (17), uma parte dos agricultores esteve na Secretaria de Obras, para agradecer o apoio e incentivo da gestão municipal no trabalho de desenvolvimento do projeto feito com a doação de insumos, máquinas, orientação técnica e análise de solo.

O produtor rural, Aldenir Pereira de Souza, popular Maranhão, presidente da Associação informou que se surpreendeu pois na região não havia ainda a iniciativa de se produzir melancia até que um representante da Secretaria de Agricultura esteve com os produtores e lhes afirmou que estaria ali iniciando uma parceria com os produtores para transformar a região numa grande produtora da fruta.

Leia mais:

“Esse projeto foi iniciado com alguns produtores e logo fomos convidados para plantar melancia no início deste ano e levamos um representante da Secretaria de Agricultura que se propôs a nos ajudar com insumos, pessoal técnico, arado, esteira, calcário e isso nos empolgou e começamos a plantar e hoje estamos produzindo”, disse o representante da Associação.

As frutas foram trazidas em veículos particulares diretamente da plantação, a 15 km de Marabá

Atualmente, há 80 famílias na associação, no entanto, 18 produtores integram o projeto. “Estamos começando agora e posso afirmar que temos 300 toneladas somente nesta primeira safra e também levamos à frente o projeto de maracujá e temos fé que vai dar certo porque já iniciamos a venda da melancia e vamos seguir com fé”, diz Aldenir Pereira de Souza.

A doação foi feita com a participação de 10 agricultores da região. O prefeito Tião Miranda disse que o investimento em agricultura é um dos mais gratificantes pois resulta em renda para o agricultor e produtos mais acessíveis à população. “A Secretaria de Agricultura vem fazendo um trabalho fabuloso com os pequenos produtores e é importante porque o custo de vida fica mais barato para quem mora na cidade e hoje há vários projetos em desenvolvimento como melancia, maracujá, apicultura e outros que estão dando renda para o agricultor. A cada dia vamos fomentar com orientação técnica, análise de solo e outros que se tornam um avanço muito enorme. Vamos continuar investindo pesado nesse setor”, antecipou Tião Miranda.

O prefeito também afirmou que parte da produção da agricultura familiar está sendo adquirida para a alimentação escolar e os produtos da doação serão entregues ao Departamento de Merenda Escolar. “E todo o produto doado hoje, num total de 30 melancias e maracujás, está sendo encaminhado às escolas para servir de alimentação para nossas crianças, que adoram melancia”, disse o gestor.

O secretário de Agricultura, Adailton de Sá, comemorou junto aos agricultores o bom momento da safra de melancia no município. Segundo ele, é o resultado de uma política voltada para o atendimento amplo a todos os trabalhadores do campo e que mais projetos serão encaminhados.

Ele relembra que, há sete anos, quando reassumiu a Prefeitura, a Secretaria de Agricultura não estava devidamente aparelhada. “Começamos a estruturar e hoje podemos somar os resultados e estamos avançando em vários outros projetos, como a suinocultura, desenvolvendo um trabalho para evitar problemas ambientais e sanitários. Atenderemos, ainda, dezenas de agricultores em breve”, disse Adailton de Sá.

A secretária municipal de Educação, Marilza Leite, elogiou a iniciativa dos pequenos produtores e disse que as melancias serão benvindas nas escolas. Elas serão entregues a partir da próxima segunda-feira, 20, por meio de um cronograma que está sendo montado pelo Departamento de Merenda Escolar. “Alimentos naturais, como frutas, são bastante apreciados pelos estudantes”, disse.

Comentários

Mais

Petrobras reajusta mais uma vez preços da gasolina e do diesel

Petrobras reajusta mais uma vez preços da gasolina e do diesel

A Petrobras vai reajustar mais uma vez os preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras. Segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira…
Policiais detalham salvamento de bebê engasgado

Policiais detalham salvamento de bebê engasgado

Uma criança engasgada foi salva no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, na noite da última sexta-feira (22) por policiais militares…
Instituto Miguel Chamon faz quatro dias de atendimento na VS-10

Instituto Miguel Chamon faz quatro dias de atendimento na VS-10

Nesta terça (26) e quarta-feira (27) o Instituto Miguel Chamon muda de endereço, mas continua atendendo a população do Complexo…
“Fluxo interminável de bebês”, diz mãe após parto de 9 crianças

“Fluxo interminável de bebês”, diz mãe após parto de 9 crianças

Halima Cissé, de 26 anos, deu à luz nove crianças, no Marrocos. A jovem contou que ela e o pai dos…
Polícia não tem indícios de participação de movimentos sociais e partidos em depredação de moradias populares em Pernambuco

Polícia não tem indícios de participação de movimentos sociais e partidos em depredação de moradias populares em Pernambuco

Enganoso Vídeos virais no Facebook, YouTube, Twitter e TikTok enganam ao atribuir aos movimentos sociais MST e MTST e aos…
Embrapa lança sistema AgroTag Pará

Embrapa lança sistema AgroTag Pará

A Embrapa Amazônia Oriental e a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (Semas) lançam nesta terça-feira…