Correio de Carajás

Produção de mel é destaque em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Associação dos Apicultores de Canaã dos Carajás (AACC) tem sido destaque na produção de mel. Nos últimos anos os números cresceram consideravelmente. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a produção aumentou 20% em três anos.

O apiário fica a poucos quilômetros do centro da cidade. O local é temporário, um novo endereço já está sendo preparado e, com isso, a produção deverá ser ainda maior, devido ao espaço ser mais amplo, o que facilitará a exportação do produto para outros lugares.

Hoje são poucas colmeias, mas a clientela de Luiz Pereira, presidente da Associação dos Apicultores, tem crescido. O que ainda impossibilita a exportação dos produtos da associação para outras cidades é a espera pelo selo. “Já vamos entrar com pedido de selo artesanal e estadual, daí já poderemos expandir nosso mel para outros lugares do Pará, aí só Deus sabe aonde nós vamos chegar”, diz Luiz, um simples apicultor que herdou o amor pelas abelhas do pai, quando ainda era uma criança.

Leia mais:

Luiz é nordestino e viu o pai “caçar abelhas”, como ele mesmo diz, boa parte da sua infância. “Caçar abelhas para tirar a cera além do mel para produzir velas com fio de algodão para alumiar, ainda alcancei a gente alumiando assim com esse produto”, assim conta Luiz.

O começo foi difícil, o simples apicultor estava sozinho, mas em 2006 se juntou a outros amantes do mel e fundaram a AACC. A associação conta com 53 associados ativos.

Eles recebem incentivo e assistência técnica no projeto. Os apicultores receberam várias doações, como os Epi’s que são usados para evitar as picadas das abelhas. O programa Agir auxilia de forma técnica na geração de renda.  (Flávia Orquiza)

 

A Associação dos Apicultores de Canaã dos Carajás (AACC) tem sido destaque na produção de mel. Nos últimos anos os números cresceram consideravelmente. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a produção aumentou 20% em três anos.

O apiário fica a poucos quilômetros do centro da cidade. O local é temporário, um novo endereço já está sendo preparado e, com isso, a produção deverá ser ainda maior, devido ao espaço ser mais amplo, o que facilitará a exportação do produto para outros lugares.

Hoje são poucas colmeias, mas a clientela de Luiz Pereira, presidente da Associação dos Apicultores, tem crescido. O que ainda impossibilita a exportação dos produtos da associação para outras cidades é a espera pelo selo. “Já vamos entrar com pedido de selo artesanal e estadual, daí já poderemos expandir nosso mel para outros lugares do Pará, aí só Deus sabe aonde nós vamos chegar”, diz Luiz, um simples apicultor que herdou o amor pelas abelhas do pai, quando ainda era uma criança.

Luiz é nordestino e viu o pai “caçar abelhas”, como ele mesmo diz, boa parte da sua infância. “Caçar abelhas para tirar a cera além do mel para produzir velas com fio de algodão para alumiar, ainda alcancei a gente alumiando assim com esse produto”, assim conta Luiz.

O começo foi difícil, o simples apicultor estava sozinho, mas em 2006 se juntou a outros amantes do mel e fundaram a AACC. A associação conta com 53 associados ativos.

Eles recebem incentivo e assistência técnica no projeto. Os apicultores receberam várias doações, como os Epi’s que são usados para evitar as picadas das abelhas. O programa Agir auxilia de forma técnica na geração de renda.  (Flávia Orquiza)

 

Comentários

Mais

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

Inscrições para Programa de Estágio foram prorrogadas até dia 21

O Grupo Equatorial Energia prorrogou até esta quarta-feira, dia 21, as inscrições para o processo seletivo do seu Programa de…
Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Mulher é atacada por dois pitbulls em Conceição do Araguaia

Uma mulher foi atacada por dois cachorros da raça pitbull em Conceição do Araguaia, no sul do Estado. O fato…
Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

Políticas públicas garantem defesa de direitos dos Povos Indígenas no Pará

O técnico agrícola Raimundo Delival é extensionista rural da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) há…
Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Média de mortes em 2020 não foi menor que em 2019

Postagem do cantor Roger Moreira no Twitter usa dados antigos e incompletos de mortes por covid-19 no Brasil. Print do…
Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

Casa da Cultura lança oficina virtual e gratuita de grafismo indígena

No Dia do Índio é comum as crianças chegarem da escola com o rosto pintado e um cocar na cabeça.…
Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

Pará atinge o segundo lugar no ranking nacional de vacinação contra Covid-19

O Pará já é o segundo estado que mais aplicou doses de vacinas contra a Covid-19 entregues pelo governo federal,…