Correio de Carajás

Procon municipal atendeu 1500 denúncias em 2020

Concessionário de fornecimento de energia elétrica lidera queixas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Durante o ano passado, o Programa de Proteção ao Consumidor (Procon) atendeu a 1500 reclamações em Marabá. Segundo a diretora do Procon no município, Zélia Lopes Sousa, desse total de denúncias, 569 foram atendidas de imediato, após a notificação ao fornecedor e em 931 casos foram abertos processos, com realização de audiências. “Nos casos em que foi realizada audiência tivemos um número de 40% de acordos realizados”, comentou.

A empresa mais reclamada, como em outros anos, foi a empresa concessionária de energia elétrica do Pará, atualmente denominada de Equatorial Energia, com 187 reclamações, quase oito vezes mais que a segunda colocada. As outras empresas com o maior número de reclamações foram os Supermercados Mateus (27), Magazine Luiza (23), Lojas Havan (19), Banco BMG (16), Bradesco (16), Samsung (16), Banco Panamericano (12), Caixa Econômica Federal (11) e encerrando o top 10 das reclamações estão a Electrolux Brasil e a Telefônica Brasil, com 9 reclamações cada.

FISCALIZAÇÃO

Leia mais:

Com o avanço da Covid-19, o Procon também realizou várias fiscalizações em 2020, entre elas algumas especiais nos supermercados e escolas particulares da cidade. Ao todo foram mais de 200 ações de fiscalização realizadas no ano, com fiscalizações extras em datas tradicionais como Black Friday e Natal. Sendo feito um levantamento de preços, com 45 dias de antecedência, dos produtos mais procurados pelos consumidores. Os preços também ficam à disposição dos consumidores no órgão.

“Tivemos diversas ações: ação de fiscalização nos supermercados apurando validade de produtos, sexta-feira negra, ação nas cerâmicas, entre outras”, comenta Zélia.

NOVO PRÉDIO

2020 também ficou marcado pela entrega da nova sede do Procon, construída na antiga sede da Polícia Civil, na Avenida 5 de Abril, Marabá Pioneira. O novo espaço conta com um salão de atendimento ao consumidor mais amplo, sala para reuniões do Conselho de Defesa do Consumidor, sala das diretorias, departamento jurídico, coordenação e estacionamento.

Toda construção segue as novas normas de acessibilidade, com banheiros adaptados e elevador para portadores de deficiências. Outra novidade da nova sede é o espaço físico do programa “Linha Direta”, que visa agilizar a demanda de diversas reclamações, referentes ao consumo de energia elétrica. (Com Ascom PMM)

Comentários

Mais

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

MPPA firma Termo de Ajuste de Conduta para garantir material e ações educativas para alunos com autismo

A 13ª Promotoria de Justiça de Justiça de Marabá firmou no último dia 9 de junho, Termo de Ajuste de Conduta com…
MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

MPF cobra cumprimento da Reforma Agrária e Regularização Fundiária a Eldorado do Carajás e INCRA

O Ministério Público Federal (MPF) expediu nesta terça-feira (15) recomendações ao município de Eldorado dos Carajás, no sudeste do Pará,…
SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

SUS não recebeu vacinas prometidas por Wizard e Hang

Cem dias após o Brasil autorizar a compra e doação de vacinas ao SUS pelo setor privado, nenhuma dose foi…
Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

Vacinas Sputnik V serão enviadas ao Brasil em julho, diz Camilo Santana

As vacinas russas contra a Covid-19, a Sputnik V, serão entregues ao Brasil no mês de julho, conforme o governador…
PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

PL prevê semana educativa no combate ao cerol em Parauapebas

Foi aprovado em Sessão Ordinária da Câmara dos Vereadores de Parauapebas nesta terça-feira (15) um projeto de lei que prevê…
Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

Aneel prorroga proibição de corte de luz por inadimplência

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu hoje (15) que vai prorrogar por mais três meses a proibição de…