Correio de Carajás

Presidente da Câmara assume Prefeitura com viagem de Tião e Toni

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ulisses Pompeu

Na manhã desta quarta-feira, dia 21, o presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Pedro Corrêa Lima, assinou o livro de atas de transferência de cargo e assumiu a função de prefeito do município, com a ausência do titular Tião Miranda e do vice-prefeito Toni Cunha.
Corrêa disse à Reportagem do Portal Correio de Carajás há poucos minutos que foi informado pelo Gabinete do Prefeito no final da tarde de ontem que deveria assumir o cargo na manhã de hoje, uma vez que Tião Miranda viajou para Belém para tratar de assuntos de interesse do município. Já o vice, Toni Cunha, também está viajando e há boatos em redes sociais de que ele teria ido a Europa, o que não foi confirmado por Pedro Corrêa nem pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura.
Como prefeito interino, Pedro Corrêa iniciou o dia visitando a Secretaria de Saúde, onde despachou com o secretário Marcone Leite, tendo solicitado informações sobre o andamento das obras dos centros de Saúde dos bairros Da Paz e Coca-Cola. “Pedi celeridade nessas obras, para que as comunidades das duas regiões da cidade possam ter acesso aos serviços de saúde o mais rápido possível”, destacou.
Em seguida, Pedro Corrêa vai reunir-se com o secretário de Obras, Fábio Moreira, e de lá os dois deverão percorrer várias obras que estão em andamento na cidade.
À tarde, ele deve despachar no Gabinete da Prefeitura, atendendo as demandas do município. “Devo ficar no cargo até sexta-feira, quando o titular, Tião Miranda, retorna à cidade. Até lá, vamos trabalhar com equilíbrio e responsabilidade que a cidade requer”, avisa o prefeito interino.
Na Câmara Municipal, quem preside a Sessão Ordinária desta quarta-feira, dia 21, e fica no cargo até o retorno de Pedro Correa, é a vereadora Irismar Melo, vice-presidente da Câmara.

Ulisses Pompeu

Leia mais:

Na manhã desta quarta-feira, dia 21, o presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Pedro Corrêa Lima, assinou o livro de atas de transferência de cargo e assumiu a função de prefeito do município, com a ausência do titular Tião Miranda e do vice-prefeito Toni Cunha.
Corrêa disse à Reportagem do Portal Correio de Carajás há poucos minutos que foi informado pelo Gabinete do Prefeito no final da tarde de ontem que deveria assumir o cargo na manhã de hoje, uma vez que Tião Miranda viajou para Belém para tratar de assuntos de interesse do município. Já o vice, Toni Cunha, também está viajando e há boatos em redes sociais de que ele teria ido a Europa, o que não foi confirmado por Pedro Corrêa nem pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura.
Como prefeito interino, Pedro Corrêa iniciou o dia visitando a Secretaria de Saúde, onde despachou com o secretário Marcone Leite, tendo solicitado informações sobre o andamento das obras dos centros de Saúde dos bairros Da Paz e Coca-Cola. “Pedi celeridade nessas obras, para que as comunidades das duas regiões da cidade possam ter acesso aos serviços de saúde o mais rápido possível”, destacou.
Em seguida, Pedro Corrêa vai reunir-se com o secretário de Obras, Fábio Moreira, e de lá os dois deverão percorrer várias obras que estão em andamento na cidade.
À tarde, ele deve despachar no Gabinete da Prefeitura, atendendo as demandas do município. “Devo ficar no cargo até sexta-feira, quando o titular, Tião Miranda, retorna à cidade. Até lá, vamos trabalhar com equilíbrio e responsabilidade que a cidade requer”, avisa o prefeito interino.
Na Câmara Municipal, quem preside a Sessão Ordinária desta quarta-feira, dia 21, e fica no cargo até o retorno de Pedro Correa, é a vereadora Irismar Melo, vice-presidente da Câmara.

Comentários

Mais

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 pode ser instalada já na próxima semana. O último obstáculo, a leitura…
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022, sem aumento real

O salário mínimo em 2022 será de R$ 1.147 e não terá aumento acima da inflação, anunciou o Ministério da…
Fachin pede para mudar para a Primeira Turma do STF

Fachin pede para mudar para a Primeira Turma do STF

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), formalizou hoje (15) o pedido para ser…
TSE prevê compra de 176 mil urnas eletrônicas para 2022

TSE prevê compra de 176 mil urnas eletrônicas para 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza amanhã (16) uma audiência pública sobre a compra de até 176 mil urnas eletrônicas…
Em carta a Biden, Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

Em carta a Biden, Bolsonaro promete fim do desmatamento ilegal

O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu a acabar com o desmatamento ilegal até 2030. Em carta enviada ontem (14) ao…
Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia

O governo federal publicou nesta quarta-feira (14) o Plano Amazônia 2021/2022, que estabelece diretrizes para ações de fiscalização e combate…