Correio de Carajás

Prefeitura de Curionópolis amplia pontos para teste rápido

Prefeita Mariana Chamon fala da ampliação do atendimento à covid-19/ Fotos: Ascom
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O vaqueiro Edésio Batista Nogueira, de 54 anos, saiu do Posto de Atendimento aos Sintomas da Covid-19, em Curionópolis, levando os medicamentos para tratamento dos sintomas leves que vem sentindo ao longo da semana. No mesmo local, instalado para atendimento exclusivo à doença, ele passou por atendimento médico e também foi submetido ao teste rápido, que resultou positivo.

Edésio começou a sentir-se mal no domingo passado, dia 21, com dor de cabeça e moleza pelo corpo. Durante a semana foi liberado do trabalho para fazer o teste. Conforme informado a ele, já está fora do período de contaminação, mas deverá permanecer em isolamento e fazendo o uso da medicação por alguns dias. “Aqui foi rápido e muito bom. Gostei porque o medicamento já está na mão, vou chegar em casa, tomar e ficar quieto para me recuperar”, disse.

O vaqueiro Edésio Batista Nogueira saiu testado e medicado

Edison Sousa da Silva, coordenador da Vigilância Sanitária do município, explica que diariamente são distribuídas 50 fichas para atendimento no centro, mas o número de testes aplicados é maior porque outras unidades também encaminham pacientes para serem testados. Conforme o servidor, ao haver novo aumento do número de casos positivos na cidade vizinha, Parauapebas, foi possível sentir, em seguida, os efeitos também em Curionópolis.

Leia mais:
Edison explica que diariamente são distribuídas 50 fichas para atendimento no centro exclusivo

“Na semana seguinte já deu um boom e cresceu. A gente fazia, em média, 20 testes e fomos para 50 testes. Foi um crescimento assustador para quem vinha trabalhando nessa área”, diz, acrescentando que a resposta rápida da gestão impediu que este cenário fosse pior. “O sistema de saúde de Curionópolis manteve a situação, mas o número de casos foi aumentando, acredito, pela circulação nos municípios vizinhos. As pessoas daqui compram lá, resolvem negócios lá e quando voltam trazem o vírus”, afirma.

Além do centro de atendimento exclusivo, a Prefeitura de Curionópolis está abrindo mais três pontos de atendimentos em escolas do município. O anúncio foi feito pela prefeita, Mariana Chamon, em entrevista concedida ao Correio de Carajás nesta quinta (25), na sede da administração.

“A gente já aumentou os pontos, levamos o atendimento para mais postos de saúde e agora também preparamos três escolas do município para que as pessoas recebam esse atendimento com o teste rápido, a entrega da medicação e outros cuidados necessários”, diz, explicando que o município já vinha aplicando uma média de 500 testes semanais, número que pode dobrar com a ampliação do atendimento.

Em relação à vacinação, Curionópolis já está aplicando as doses na faixa etária de 70 anos. “Aos idosos que não conseguem vir até o posto de saúde a gente leva a equipe até a casa para que a gente consiga vacinar um maior número de pessoas em menor tempo”, diz a gestora, acrescentando ter aderido ao consórcio da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) para aquisição de imunizantes. “Estamos também nessa luta para que a gente possa, o quanto antes, conseguir fazer a aquisição dessas vacinas”. 

Idosos de 70 anos estão sendo vacinados

LOCKDOWN

Na última quarta-feira (24) foi iniciado lockdown com paralisação das atividades consideradas não essenciais em Curionópolis. A medida é válida por 12 dias e, de acordo com a prefeita, essencial para que o município possa evitar óbitos decorrentes da covid-19.

“Trata-se de uma medida extremamente importante de prevenção, tendo em vista que os casos têm aumentado de forma significativa. Nas últimas 24 horas foram 35 novos casos e só na manhã de hoje (quinta) nós já detectamos 17 novos casos. É uma medida necessária porque a gente vê diariamente o colapso no sistema de saúde em todo o país e na nossa região, infelizmente, não está diferente”, alerta, acrescentando que os municípios maiores, como Parauapebas e Marabá, que possuem leitos de UTI, estão sobrecarregados.

Ela diz ter dialogado com os comerciantes antes de decretar o fechamento e levado em consideração o feriado do próximo dia 2, Sexta-feira Santa, no impacto para as empresas. “Estamos priorizando a saúde, o cuidado com a vida das pessoas, mas conversamos com os comerciantes locais porque essa também é uma grande preocupação pra gente. São 12 dias e, destes, somente seis são dias úteis, o que diminui o impacto no comércio local. A gente sabe o quanto é importante manter a economia local aquecida, mas em se tratando de vidas a gente precisa priorizar”, defende.

Para amenizar o impacto social, Mariana Chamon anunciou na última semana o Programa Renda Emergencial Curionópolis que pagará três parcelas de R$ 150 para famílias em situação de extrema pobreza. O Projeto de Lei, inclusive, já foi aprovado pela Câmara de Vereadores. “Nos preocupamos com a comida na mesa e tenho certeza que isso vai levar um pouco de acalento para essas famílias que estão assando por essa necessidade”, finaliza. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

Três municípios fecham praias do Rio Araguaia, no sul do Pará

Três municípios fecham praias do Rio Araguaia, no sul do Pará

A chegada do veraneio tende a propiciar maior circulação de pessoas nas cidades da região sul do Estado, acarretando aglomerações,…
Uepa abre inscrições para novo processo seletivo

Uepa abre inscrições para novo processo seletivo

AUniversidade do Estado do Pará (Uepa) inicia nesta quarta-feira (16) as inscrições ao novo Processo Seletivo 2021 (Prosel 2021-2), para…
IBGE atualiza limites de municípios no mapa da Amazônia Legal

IBGE atualiza limites de municípios no mapa da Amazônia Legal

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (16) o novo mapa da Amazônia Legal para 2020, com base…
Por que o dólar caiu, mas a gasolina e o diesel continuam subindo?

Por que o dólar caiu, mas a gasolina e o diesel continuam subindo?

O dólar vem se desvalorizando em relação ao real e acumula perdas de 3,74% em 2021 (de 4 de janeiro…
SAMU faz cerca de 700 atendimentos por mês em Marabá

SAMU faz cerca de 700 atendimentos por mês em Marabá

É difícil imaginar um acidente de trânsito com vítima e não lembrar de chamar o Serviço de Atendimento Móvel de…
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

A partir desta quarta-feira (16), os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos…