Marabaenses opinam sobre convocação para a Copa

Redação Por: Redação

Esportes Destaques

365 Visualizações

Publicado em 14/05/2018 17:24h

Marabaenses opinam sobre convocação para a Copa

A paixão pelo futebol no Brasil sempre gerou muitas discussões nas rodas de conversas e com a proximidade da Copa o que se fala é sobre a convocação dos 23 jogadores que irão defender as cores verde e amarelo. Em alta, o técnico Tite é quase uma unanimidade. Mesmo com algumas discordâncias, o treinador tem a confiança da maioria da população.

#ANUNCIO

Para Wagner Borges, presidente e treinador do Estrela Cristal, da Folha 33, a convocação foi perfeita. Segundo ele, Tite mostrou que tem preparo. Mudou a cara da Seleção e estuda cada possibilidade. Ele complementa que sempre ficará alguém bom de bola pelo caminho, pois a lista é restrita a 23 jogadores. Cita como exemplo os jovens Rodriguinho e Arthur, que vêm se destacando no Brasileirão pelo Corinthians e Internacional, mas assegura que Tite tem muito crédito.

Marcus Fabiano, ex-atleta profissional que já passou por vários clubes pelo país e até das Arábias, considera uma boa convocação. “Tite não fez muita coisa de diferente do que já pensava. Temos três nomes que eram dúvidas Geromel, Tayson e Fred. Geromel, por tudo que vem jogando, está aprovado, quanto aos outros dois acho que pesou o fator Europa e experiência. Serão reservas e espero que se houver necessidade de usá-los que eles deem conta do recado. Temos grande chance de faturar essa Copa”, finaliza Marquinhos.

Bysmarck Martins, treinador campeão da Seleção de Marabá e dirigente do Liberdade, time da Primeira Divisão, afirma que a escolha foi dentro do previsto, pois há muito tempo o treinador canarinho vem trabalhando essa equipe. Bysmarck acha que a única surpresa foi o goleiro Cássio para terceiro goleiro. “Não adianta vir com surpresas agora, pois o time já vem vencedor e tem que ser priorizado o conjunto que vem vencendo”, arremata.

O ex-jogador profissional e que hoje dirige categorias de base, Fagno Araújo, diz que a seleção de Tite tem poucas ressalvas. Ele cita a entrada de dois jogadores no elenco. Um deles é o volante Fred. Para ele, o volante Arthur, do Grêmio, tem mais qualidade. O outro é o atacante Tyson. Faguinho se entusiasma ao falar que Keno, ex-Águia, é a cara do futebol brasileiro, jogador muito agudo e que vai pra cima dos adversários, se fosse ele o treinador da seleção, certamente levaria o jogador que vem se destacando no Palmeiras.

(Márcio Aquino)

 

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: