Correio de Carajás

Polícia recomenda atenção pra fugir do golpe do PIX

O acusado foi flagrado pelas câmeras de segurança e tão cedo ele não volta ao comércio/ Foto: Reprodução

CUIDADO!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Criminosos estão fazendo transferência de valores irrisórios e mostram a tela do celular de forma rápida pra enganar comerciantes. Toda atenção é pouca.

Imagens que circulam desde o último final de semana nas redes sociais mostrando um estelionatário que aplicou golpe em um comércio no Bairro Novo Horizonte repercutiram nas redes sociais. Ele comprou bebidas e refrigerantes, numa conta que deu R$ 113,90 e pagou usando o PIX. Aliás, pagou não! enganou os proprietários do comércio, pois ele fez um PIX de apenas R$ 0,01! Isso mesmo: um centavo. E saiu tranquilamente como se estivesse tudo certo.

As imagens gravadas pela câmera de segurança do próprio estabelecimento comercial mostram que a proprietária e um funcionário do comércio demoram a entender o que aconteceu. A mulher se senta ao lado um cliente, ao celular, e só então se dá conta que foi vítima de um golpe. Ela pede ao funcionário para correr atrás do vigarista, mas já era tarde: Ele já tinha desaparecido na escuridão, como mostram as imagens que circularam na internet.

Sobre este assunto, nossa reportagem conversou com o delegado Vinícius Cardoso das Neves, diretor da 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, para que ele oriente sobre como os comerciantes devem proceder para não caírem nesse golpe.

Leia mais:
Delegado Vinícius pede que vítimas denunciem os golpes à polícia/ Foto: Evangelista Rocha

“A recomendação é a mesma que as pessoas devem adotar em todas as transações comerciais: tenham cautela”, explica o delegado, acrescentando que nesse tipo de golpe, que é novo, o estelionatário conta com a desatenção da vítima, pois ao fazer a transferência do dinheiro, o criminoso mostra a tela do celular rapidamente e geralmente o recebedor verifica apenas o nome do favorecido, nem sempre observa se o valor transferido está correto.

“É bom que o comerciante tenha precauções, que verifique a notificação que vai chegar pra ele e tenha atenção no valor que vai chegar pra ele também, se é realmente o mesmo valor da compra efetuada”, orienta o delegado Vinícius Cardoso, acrescentando que é importante as vítimas formalizarem denúncias na delegacia para que a Polícia Judiciária possa investigar melhor os casos.

(Chagas Filho)

 

 

Comentários

Mais

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, Elias Alves de Almeida, de…
Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Uma fatalidade ceifou a vida do trabalhador rural Jorcelino Alves de Araújo, de 51 anos de idade, morador do município…
Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Entre os crimes registrados em Marabá está semana está o assassinato de Gabriel da Silva Ribeiro, de 24 anos. Ele…
Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova,…
Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores da Folha 8, Núcleo Nova Marabá, encontraram próximo ao Rio Tocantins um corpo, do sexo masculino, já em estado…
Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, de prenome Elias, se chocou…