Correio de Carajás

Polícia prende, em Marabá, suspeito de roubo de cargas

Parte da carga roubada em um dos atraques da quadrilha foi recuperada pela Polícia Civil/ Foto: Ascom/Polícia Civil
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Está identificado como Pablo Romário Ferreira de Souza, o homem preso em Marabá acusado de roubo de cargas nas estradas que ligam as cidades de Santarém, Belterra, Rurópolis, Itaituba, Placas e Uruará. O roubo aconteceu em janeiro e, desde junho, uma operação da Polícia Civil começou a investigar outros roubos de cargas, que estavam se tornando constantes naquela região.

A 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Marabá, com a poio da Polícia Civil de Santarém, estava atrás de Pablo desde janeiro. Como o suspeito estava para a roça, a prisão teve um pouco mais de dificuldade. Através de técnicas modernas de investigação o paradeiro do alvo foi descoberto.

Segundo informações divulgadas pela Polícia Civil neste domingo, a “Operação Carga Pesada” também resultou na possível localização de um mercado comercializando diversas bebidas alcoólicas que teriam sido roubadas.

Leia mais:

Em interrogatório, o preso delatou o modo de operação do esquema criminoso. Foi levantado ainda que diversas pessoas fazem parte do esquema, e são oriundos de Santarém, Uruará e Placas; além de um suspeito que reside no Maranhão.

De posse do mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão, equipes da Polícia Civil se deslocaram até as localidades para os devidos cumprimentos, mas os alvos não foram localizados.

Mas, durante as diligências, foram encontrados e apreendidos diversos materiais suspeitos de serem fruto de um assalto ocorrido na BR-163. Cerca de 100 munições de diversos calibres e quantia em dinheiro também foram apreendidas. As investigações seguem e contam com apoio de agentes das superintendências de Itaituba e Santarém.

Segundo balanço divulgado pela Polícia Civil, em 2020, a Delegacia de Belterra registrou quatro roubos dessa envergadura, sendo subtraído neles uma carga de cigarro avaliada em R$ 500 mil; uma carga de cerveja que, por circunstâncias alheias, não foi subtraído o cofre do caminhão; carga de gêneros alimentícios e bebidas alcoólicas avaliadas em R$ 30 mil, entre outras.

Ainda segundo a Polícia, o modo operacional das quadrilhas sempre é o mesmo: aproveitam que a BR-163 não tem sinal de internet e nem de telefonia, e executam roubos de cargas valiosas. (Da Redação, com informações da Agência Pará)

Comentários

Mais

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, Elias Alves de Almeida, de…
Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Uma fatalidade ceifou a vida do trabalhador rural Jorcelino Alves de Araújo, de 51 anos de idade, morador do município…
Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Entre os crimes registrados em Marabá está semana está o assassinato de Gabriel da Silva Ribeiro, de 24 anos. Ele…
Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova,…
Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores da Folha 8, Núcleo Nova Marabá, encontraram próximo ao Rio Tocantins um corpo, do sexo masculino, já em estado…
Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, de prenome Elias, se chocou…