Correio de Carajás

Polícia identifica homem que usava documento falso ao morrer

Polícia identifica homem que usava documento falso ao morrer
Homem morto em acidente usava documento falso em nome de José Antônio/ Fotos: Ronaldo Modesto
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Depois da confusão gerada com a descoberta de que José Antônio Bernandes Nunes não era o nome verdadeiro do homem que morreu em acidente de trânsito na madrugada de domingo, 20, e que ele portava documento falso, a Polícia Civil conseguiu, através de impressão digital, chegar à verdadeira identidade. José Antônio, na realidade, chamava-se Antônio Ramos de Barros, de 62 anos de idade.

A morte de Antônio trouxe à tona o passado sombrio dele e causou surpresa em alguns membros de sua família que acreditavam ser José Antônio o verdadeiro nome do familiar. Por conta disso, a família precisou esperar por horas na 20ª Seccional Urbana de Parauapebas, até que ele fosse verdadeiramente identificado, para que seu corpo fosse liberado para velório e sepultamento.

Antônio morreu por volta de 1 hora, após perder o controle da moto que pilotava (uma Titan de cor preta e placa NWW-8978) quando passou em uma lombada, na Rua Afonso Arino com a Rua Padre Josino, no Bairro da Paz, e ser arremessado contra a tampa de concreto de uma fossa séptica.

Leia mais:

Após a perícia fazer o levantamento do local e o corpo ser removido, a Polícia Civil descobriu, ao fazer análise do documento de identidade que ele portava, que a carteira era falsa. O que chamou a atenção da polícia foi que no documento não tinha nem o nome do pai e nem da mãe da vítima.

Na identidade falsa, com o nome de José Antônio, constava que ele nasceu no dia 12 de março de 1957, na cidade de Itapetinga (BA). A mulher de Antônio, que não teve o nome divulgado, contou que não sabia que o marido, com quem vivia há 35 anos, usava documento falso.

Ele relatou, no entanto, saber que ele era foragido da justiça. A mulher informou que ele teria matado um homem durante uma briga em Patrocínio, Minas Gerais, foi preso e estava custodiado na penitenciária de Unaí, no mesmo Estado, de onde fugiu, seguindo primeiramente para São Félix do Xingu, no Sul do Pará, e depois para Parauapebas, onde eles estavam morando há 12 anos.

A mulher contou ainda que tem oito filhos com Antônio, sendo seis filhos biológicos dela e dois que eram filhos só dele. Uma das filhas também disse desconhecer que o pai usava identidade falta.

Ela detalhou que o pai fazia e vendia doces e tinha um pequeno comércio, na VS 10, de onde tirava o sustento da família. A filha informou que o pai ingeria bebida alcoólica e acredita que ele poderia estar bêbado quando perdeu o controle do veículo ao passar na lombada. (Tina Santos e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Os advogados Geovane Oliveira Junior e Abraunienes Faustino de Sousa concederam entrevistas na tarde desta quarta-feira (23) se posicionando sobre…
Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, que atua na promoção…
Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Homem é preso por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes em Redenção, sul do Estado.…
PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

PM é recebida a tiros após desarticular ponto de drogas em Marabá

A Polícia Militar de Marabá foi recebida a tiros por suspeitos de tráfico de drogas no início da noite de…
Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

Moedas do Brasil Império são apreendidas pela PF no Pará

A Polícia Federal apreendeu na manhã desta quarta-feira (23) moedas datadas da época do Brasil Império que foram encontradas por…
MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

MP Eleitoral pede ao TSE cassação do senador Zequinha Marinho

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) recorreu nesta segunda-feira (21) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília (DF), contra decisão…