Correio de Carajás

PM de Marabá que matou mulher estava afastado e seria reformado

Jairo e Elba pareciam um casal feliz nas redes sociais. Não se sabe o que motivou o crime/Foto: Divulgação

O policial militar Jairo Celson Elpídio da Silva Júnior, que assassinou a esposa a tiros na cidade de Petrolina, Sertão de Pernambuco, estava agregado (afastado do serviço), aguardando finalizar o processo de reforma. Enquanto esteve na ativa, ele era lotado no 34º Batalhão de Polícia Militar, responsável pelo policiamento do Núcleo Cidade Nova, em Marabá, além de parte da zona rural e também de Itupiranga.

Quem confirmou, com exclusividade para o Correio de Carajás, foi o comandante do 2º Comando de Policiamento Regional (CPR-II), coronel Dayvid Sarah Lima. Todavia, ao ser perguntado sobre qual o motivo do afastamento do policial, o coronel explicou que essa é uma informação restrita.

Por outro lado, notícias não oficiais que circulam em sites e nas redes sociais informam que ele estava sofrendo de transtornos mentais.

A vítima foi identificada como Erilania Elba Gondim Freire. Ela era enfermeira e trabalhava no Hospital Geral de Urgência (HGU), em Petrolina, e também atuava no hospital municipal de Lagoa Grande, cidade vizinha.

O crime (provável feminicídio) aconteceu no bairro Padre Cícero, em Petrolina. Após tirar a vida da esposa, Jairo tentou se matar com um tiro na cabeça, mas sobreviveu e foi socorrido para o Hospital Universitário.

Segundo notícias que circulam em sites da região, vizinhos ouviram uma discussão entre o casal, com gritos e cerca de 10 tiros. (Chagas Filho)

Comentários

Mais

Agrediu vítima, roubou celular e foi preso em flagrante

Agrediu vítima, roubou celular e foi preso em flagrante

Alex Soares de Sousa foi preso na manhã de domingo (3) após derrubar uma mulher no chão e tomar, à…
Adolescente morre afogado no Rio Parauapebas

Adolescente morre afogado no Rio Parauapebas

Uma tragédia tirou a vida do jovem Victor Tarcísio Silva dos Santos, de 12 anos, neste final de semana, em…
Trânsito violento de Marabá mata 35 pessoas em 6 meses

Trânsito violento de Marabá mata 35 pessoas em 6 meses

Férias escolares, praia, lazer, curtição e bebedeira são alguns sinônimos do verão amazônico. O mês de julho marca o ápice…
Fim de semana é marcado por casos de violência contra mulher

Fim de semana é marcado por casos de violência contra mulher

Sábado e domingo seguem sendo dias conturbados para mulheres em Marabá. Como de (péssimo) costume, casos de violência foram registrados…
Condutor de caminhão atropela homem, foge, mas é pego momentos depois

Condutor de caminhão atropela homem, foge, mas é pego momentos depois

Um homem identificado como Elvis Santos Rondon dos Reis morreu na madrugada deste sábado (2), vítima de um acidente de…
Paciente xinga funcionários e quebra porta no HMM

Paciente xinga funcionários e quebra porta no HMM

Um paciente identificado como Cristiano Eduardo Campos ficou revoltado com o atendimento do Hospital Municipal de Marabá (HMM), xingou funcionários…