Correio de Carajás

Plantões: Ex-vice de Marabá, deputado Toni Cunha critica controle do município

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Poucos dias após pedir exoneração do cargo de vice-prefeito de Marabá e ser empossado como deputado do Estado do Pará, Antônio Cunha Sá, o Toni Cunha, se posicionou publicamente em sua página no Facebook sobre as crescentes suspeitas de fraudes em plantões na Saúde do município, aproveitando para criticar o sistema de controle da administração municipal.

Na última semana, apócrifos começaram a circular em grupos de WhatsApp apontando supostos esquemas em várias áreas da Saúde Pública, incluindo nomes de funcionários – dentre eles diretores – e fotos de documentos que seriam escalas de plantões, o que não foi confirmado até o momento pela Prefeitura Municipal de Marabá.   

Caso verdadeiras, as escalas chamam a atenção pelos extensos horários atribuídos a alguns profissionais, humanamente impossíveis de serem cumpridos. Paralelamente, quem divulgou os apócrifos apresentou ainda a descrição do que seria um esquema para lucrar com plantões e suposta ilegalidade na aquisição de materiais.

Leia mais:

Na publicação, o ex-vice prefeito afirma que já era anunciada a possibilidade de haver esquema de fraudes em plantões, com pagamento de horas extras pela Secretaria Municipal de Saúde, e culpa o método de controle da administração municipal para facilitar essa forma de atuação ilícita no serviço público.

“Agora, o que já era anunciado há muito por nós, estoura um possível esquema de fraudes em plantões, horas extras da saúde. É preciso apurar para não sermos injustos. Contudo, se tivéssemos sistemas de qualidade, como exigi e cheguei a ter duros embates e não consegui, talvez esses possíveis absurdos não ocorressem em Marabá”, diz a publicação do atual deputado.

Alega que houve esforço pessoal, do prefeito e de outros servidores públicos, em relação ao controle da máquina pública, à transparência, mas ainda há muitas falhas. “Os sistemas de Controle, os pouquíssimos que existem, são muito ruins, suscetíveis a fraudes e a manipulação. Acho até incrível que sejam aceitos. O sistema de contabilidade é péssimo, de controle de pessoal terrível, de combustível não existe senão em folha de papel. Não há controle preciso usando a tecnologia sobre as máquinas, suas horas trabalhadas, enfim”, declara Toni Cunha.  

Acrescentou que a equipe da Controladoria Geral do Município, órgão responsável por fiscalizar e coibir fraudes em licitações e serviços públicos, sequer consegue se deslocar com facilidade. “Isso precisa melhorar. Não há porque não dar melhores condições para que se fiscalize. Os avanços que tivemos, e também busquei isso como vice-prefeito, precisam ser, agora, coroados com melhores sistemas que permitam, minimamente, adequada fiscalização do recursos, gastos e serviços públicos, afinal o que é público é de todos e não tem dono”, finaliza.

SILÊNCIO

Conforme noticia a coluna Ronda Política da edição de hoje do Jornal CORREIO, o secretário de Saúde, Luciano Dias, que assumiu a pasta na última semana, não tem aceitado conceder entrevistas à imprensa. O veículo impresso divulga estar tentando insistentemente entrevistá-lo nos últimos dias, ao que ele solicita que seja procurara a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal. Essa, por sua vez, prevê que o secretário só irá se manifestar publicamente em aproximadamente 15 dias.

Procurada pela Reportagem do Portal Correio de Carajás nesta manhã, terça-feira (12), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Marabá afirmou que não irá se manifestar acerca do posicionamento do ex-vice prefeito da cidade. (Luciana Marschall)

Mais

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Inauguração de prisões é momento histórico, diz governador

Durante a inauguração da Unidade Semiaberto Masculino de Marabá (com 200 vagas) e da Cadeia Pública de Marabá (306 vagas…
Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Ray Athie toma posse como vereador na Câmara

Por volta de meio dia desta quarta-feira, dia 12 de maio, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Marabá deu…
Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

Wajngarten fala sobre campanha contra covid e vacina da Pfizer

O ex-secretário especial de Comunicação Social Fábio Wajngarten disse nesta quarta-feira (12) que tanto a pasta que comandou quanto o…
Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

Helder Barbalho visita Marabá nesta quarta-feira (12)

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, participa de uma série de eventos nesta quarta-feira (12) no município. A…
Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância…
Guedes diz que reforma administrativa será moderada

Guedes diz que reforma administrativa será moderada

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como bastante moderada a proposta do governo de reforma administrativa, em audiência pública,…