Plácido Domingo durante apresentação no Teatro Nacional de Santiago de los Caballeros, na República Dominicana, em janeiro de 2004 — Foto: AP Foto/Miguel Gómez/Arquivo
Ads

Plácido Domingo está sendo acusado de assédio sexual por nove mulheres, segundo a agência internacional Associated Press.

Ads

Oito cantoras e uma dançarina alegaram que foram assediadas sexualmente pelo tenor espanhol. Os assédios teriam iniciado na década de 1980, segundo reportou a agência.

Segundo a imprensa internacional, Plácido Domingo teria cometidos os assédios em ambientes profissionais, onde ocupava posições de destaque.

Outras seis mulheres alegam que Domingo as fazia se sentir desconfortáveis quanto a suas propostas sexuais.

Entre as mulheres que acusam o tenor, a meio-soprano Patricia Wulf consentiu que seu nome fosse citado pela agência. As outras pediram para manter seus nomes em anonimato pois ainda trabalham no mercado e temem sofrer represálias.

Aos 78 anos, Domingo é ganhador de nove Grammys e cinco Grammys Latinos. O tenor é casado com a soprano Marta Ornelas desde 1962.

Procurado pela AP, Plácido Domingo não respondeu especificamente as questões enviadas, mas em um comunicado, afirmou que “As alegações dessas pessoas anônimas datadas de mais de 30 anos atrás são profundamente perturbadoras, e como apresentadas, imprecisas”.

“É doloroso saber que eu tenha desapontado alguém ou feito alguém se sentir desconfortável, não importa há quando tempo atrás e apesar das minhas melhores intenções. Eu acreditava que todos os meus relacionamentos e interações tivessem sido bem-vindos e consensuais”.

“Pessoas que me conhecem e que já trabalharam comigo sabem que eu não sou alguém que tenha intenção de prejudicar, ofender ou envergonhar alguém”, disse o tenor. (Fonte:G1)

Ads