Correio de Carajás

Paysandu vende mais de 20 mil camisas “Negra 1914” em um mês e lucra quase R$ 600 mil

Detalhes da camisa bicolor — Foto: Ag. Macaco Velho
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Paysandu vendeu, em apenas um mês, mais de 20 mil camisas “Negra 1914”, o terceiro uniforme da coleção Origens, segundo apurou o ge Pará. Ainda de acordo com informação oficial repassada pela assessoria de imprensa do clube à reportagem, a boa aceitação do torcedor bicolor com o material levou a um lucro de, aproximadamente, R$ 600 mil, decisivo para que o Papão conseguisse quitar os salários atrasados com o futebol profissional e outros funcionários na semana passada.

O valor de quase R$ 600 mil é o líquido repassado ao Paysandu. A marca Lobo tem uma rede de franquias que são responsáveis pelas despesas com a comercialização dos produtos.

Com o lançamento da Negra 1914 no início de dezembro, o Paysandu apostava em um sucesso estético, mas, sobretudo, de arrecadação, em um dos momentos mais complicados financeiramente na pandemia. O Natal impulsionou as vendas. O elenco profissional tem usado o terceiro uniforme nos jogos da Série C do Brasileiro.

Leia mais:

A Negra 1914 faz uma homenagem ao Time Negra, apelido do Norte Club, que após divergências com a diretoria da Liga Paraense de Futebol, hoje FPF, deu origem ao Papão, há mais de 106 anos. Naquela época, a equipe bicolor jogava com uma camisa alvinegra.

Os novos uniformes estão disponíveis nas lojas Lobo, com preços a partir de R$ 197,99.

Negra 1914 vem tendo uma grande aceitação da torcida do Paysandu — Foto: Jorge Luiz/Paysandu

A marca Lobo traz no terceiro uniforme uma padronagem de listras verticais, no mesmo molde da camisa número um, mas feitas por fios diferentes no momento da construção da malha, em uma união de fios foscos e com brilho, ambos na cor preta. O tecido tem tecnologia Dry para ajudar na melhor troca de temperatura com o meio.

O escudo do Paysandu e a logomarca da Lobo estão aplicados com bordado na camisa. Segundo o clube, a aplicação do nome do patrocinador master em transfer serigráfico na cor prata segue o conceito monocromático da camisa e a deixa mais próxima do conceito de camisa de jogo. Na parte de trás, na altura do pescoço, o nome Negra 1914 está assinado em preto e prata. (Fonte:G1)

Comentários

Mais

Stefani e Pigossi vencem de virada e avançam às quartas em Tóquio

Stefani e Pigossi vencem de virada e avançam às quartas em Tóquio

As brasileiras Luisa Stefani e Laura Pigossi avançaram na manhã desta terça-feira (27) às quartas de final da chave de…
Histórico: Calderano põe Brasil nas quartas do tênis de mesa em Tóquio

Histórico: Calderano põe Brasil nas quartas do tênis de mesa em Tóquio

O carioca Hugo Calderano classificou o Brasil pela primeira vez às quartas de final do tênis de um torneio olímpico. O atleta,…
Seleção feminina de futebol bate a Zâmbia e pega o Canadá nas quartas

Seleção feminina de futebol bate a Zâmbia e pega o Canadá nas quartas

A seleção brasileira de futebol feminino confirmou nesta terça-feira (2) vaga para as quartas de final da Olimpíada de Tóquio. A classificação…
Olimpíada: Evandro e Bruno Schmidt seguem invictos no vôlei de praia

Olimpíada: Evandro e Bruno Schmidt seguem invictos no vôlei de praia

Os brasileiros Evandro e Bruno Schmidt permanecem invictos na Olimpíada de Tóquio. Eles venceram na madrugada desta terça-feira (27) os marroquinos…
Ágatha e Duda perdem para dupla chinesa no vôlei de praia em Tóquio

Ágatha e Duda perdem para dupla chinesa no vôlei de praia em Tóquio

As brasileiras Ágatha e Duda não conseguiram encaixar bem seu jogo e acabaram derrotadas pela dupla chinesa Wang/Xia por 2…
Brasil sobrevive à batalha e vence a República Dominicana no vôlei feminino

Brasil sobrevive à batalha e vence a República Dominicana no vôlei feminino

Foi com sufoco até o fim, mas o Brasil bateu a República Dominicana por 3 sets a 2 e continua…