Correio de Carajás

Paysandu preza variedade no elenco e não pelo excesso

João Leonardo é uma das opções no setor ofensivo bicolor (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Assim como o diretor de futebol Felipe Albuquerque, o técnico João Brigatti não acredita que o Paysandu tenha ido com tanta sede ao pote, contratando atacantes em excesso. O treinador, que dispõe de nove atletas da posição em seu elenco, salienta que são jogadores do mesmo setor, mas de características diferentes, o que justifica a vinda de todos eles para a Curuzu. “Temos os atacantes centralizados, que são o João Leonardo, o Paulo Henrique e o Paulo Rangel, que são os mais centralizados na verdade”, disse. “Os demais jogam por fora, pelas laterais, em velocidade. É um estilo diferente”, argumenta.

Brigatti citou os casos de atletas que não jogam enfiados na área. “Temos o Nicolas, o Vinícius Leite, atletas que jogam pelo lado esquerdo e os demais que atuam pelo lado direito”, explica. “Então, são jogadores com maneiras diferentes de jogar”, observa o treinador. O fato do Parazão ser disputado em gramados pesados, devido o período climático no Pará, também é adotado pelo treinador como discurso para justificar a quantidade de atletas contratados pelo clube para o compartimento ofensivo. 

“São jogadores para enfrentar as dificuldades dos gramados, que serão grandes e desgastantes devido o período de chuva”, diz Brigatti que, em princípio, deverá começar o campeonato enfrentando o São Francisco, na quarta-feira (23), utilizando apenas dois dos atacantes que tem. O Papão deverá adotar o sistema 4-3-3, mas a formação da equipe só deverá ser conhecida na segunda-feira (21), quando o treinador ministrará o apronto do grupo.

Leia mais:

Jogadores preferem não confirmar vaga

A escalação do Papão para enfrentar o São Francisco, na estreia do time no Parazão, é um mistério para os próprios jogadores do clube. Mesmo com o técnico João Brigatti dando pistas da formação que pretende mandar a campo, como no coletivo de ontem, os atletas preferem não arriscar em se considerar titulares, esperando pelo anúncio oficial por parte do treinador. “Estamos assim, sem saber quem vai jogar”, afirmou o atacante João Leonardo. “A gente tem de dar o máximo para que na véspera do jogo ele possa definir o time”, completou.

O mesmo pensamento tem o lateral-esquerdo Bruno Collaço. “Isso ainda é um mistério pra todos nós. O professor não definiu nada. Ele tem misturado muito os times nos treinamentos, mas ele já deve ter um esboço da equipe, só que ainda não revelou nada”, comentou o defensor. Como o Papão não fez nenhum amistoso, os treinos têm sido a referência sobre a possível composição do grupo, tanto para os jogadores como até mesmo para a imprensa que cobre as atividades do elenco.

(Diário do Pará)

Mais

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

O Grêmio vai receber o argentino Lanús nesta quinta-feira (13), na Arena do Grêmio, às 19h15. Em caso de vitória do time…
Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

As entidades que governam o futebol inglês apoiaram uma nova lei em planejamento para punir empresas de redes sociais que…
City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

O Manchester City foi confirmado como campeão da Premier League com três jogos de antecedência, depois que o segundo colocado…
Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

O técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, pediu aos torcedores que evitem mais protestos violentos antes do jogo remarcado…
Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

O Ministério da Saúde anunciou hoje (11) a vacinação contra a covid-19 de toda a delegação olímpica e paraolímpica brasileira que vai…
Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Remo, Paysandu, Tuna e Castanhal começam neste domingo (9) as semifinais do Parazão Banpará 2021. Pelo andar da carruagem, deve…