Correio de Carajás

Passagem de táxi lotação vai aumentar 13%

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
4 Visualizações

A partir da próxima segunda-feira, dia 17, os usuários de táxi lotação terão que desembolsar cinquenta centavos a mais por corrida que fizerem utilizando o sistema, em Marabá. O prefeito Sebastião Miranda homologou o reajuste das tarifas da categoria e o decreto já foi publicado em Diário Oficial. Na maior parte das rotas o valor passa de R$ 3,75 para R$ 4,25. Para Morada Nova, a passagem custará R$ 5.

O decreto entra em vigor na data da publicação, que ocorreu na última sexta-feira (7), mas de acordo com o presidente da Associação dos Táxis de Lotação de Marabá, Rogério dos Santos Soares, os motoristas passam a fazer a cobrança apenas em sete dias, para que os usuários não sejam pegos de surpresa no momento do pagamento.

O presidente destacou, ainda, que por lei a tarifa dos táxis lotação sempre é majorada junto do reajuste do transporte coletivo, o que aconteceu no início do ano. “O reajuste inclusive está atrasado em uns seis meses, mas vamos dar um prazo para que os passageiros estejam informados antes da cobrança começar”, comentou. Atualmente, 78 táxis lotação circulam na cidade.

Leia mais:

De acordo com o decreto, o reajuste considerou reunião realizada em fevereiro na qual o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte Públicos (CMTP) aprovou a majoração da tarifa do serviço proporcionalmente ao do transporte coletivo, além da proposta apresentada pela Associação dos Taxistas de Lotação. Em janeiro, a passagem de ônibus sofreu aumento de 28%, passando de R$ 2,50 para R$ 3,20, o que causou revolta entre os usuários do sistema.

O Correio de Carajás foi às ruas para ouvir a opinião de quem faz uso do meio de transporte e a maior parte das pessoas ouvidas demonstrou insatisfação com o reajuste. O transporte coletivo também foi alvo de reclamações. “Eu estou pagando R$ 3,75 e vai aumentar. Cara, isso tá meio irregular. Meu salário não aumentou nada e a passagem aumenta direto, acho que deveria permanecer o mesmo preço. Eu nem estava sabendo do aumento, é uma surpresa pra mim”, comentou Félix Máximo Guida.

Silas Guilherme afirma que o transporte está cada vez mais pesando no orçamento de quem ganha menos e não tem outra alternativa. “Acho um pouco ruim porque a população necessita desse tipo de transporte, assim como do transporte público, que sempre tem grande demanda. Acho que o aumento talvez seja desfavorável para a população, principalmente a população menos favorecida. Nem todo mundo tem este valor, mal tem para pagar as contas, quanto mais para utilizar esse serviço diariamente”.

Tereza Santos se mostrou revoltada ao saber do reajuste. “Disseram que ia aumentar o ônibus para R$ 3,20 e que ia melhorar, mas não melhorou. Estou caminhando a duas horas esperando que o ônibus passe e passou?  Não! Estou a pé porque não tenho carro e todo dia ando a pé porque não tenho paciência para esperar ônibus, agora o táxi lotação também aumenta? Está errado. Os vereadores da cidade não trabalham por nós”, desabafa.

A filha, Eliana Santos, também discorda da mudança. “Não concordo com o aumento, é muito caro e eu ando de táxi lotação para cima e para baixo para resolver minhas coisas. Se torna caro. Além disso, ainda querem cobrar das crianças e quando a gente não paga eles acham ruim. Não concordo com o aumento”.

Nei dos Santos diz que, ao menos, a corrida de táxi lotação é confortável e vale o preço, ao contrário dos ônibus. “Eu acho que não era justo a passagem de ônibus ter aumentado o valor que aumentou, mas o táxi acho que está correto porque é um meio alternativo rápido e barato. Se a gente for comparar o valor do táxi lotação com o valor da passagem do ônibus, acho que está de acordo. Agora, absurdo é o aumento das passagens de ônibus, que não tem conforto nenhum. Os ônibus daqui estão ultrapassados, são sucata, sem ar-condicionado, demora a passar e a passagem é super cara”. (Luciana Marschall com informações de Josseli Carvalho)

 

A partir da próxima segunda-feira, dia 17, os usuários de táxi lotação terão que desembolsar cinquenta centavos a mais por corrida que fizerem utilizando o sistema, em Marabá. O prefeito Sebastião Miranda homologou o reajuste das tarifas da categoria e o decreto já foi publicado em Diário Oficial. Na maior parte das rotas o valor passa de R$ 3,75 para R$ 4,25. Para Morada Nova, a passagem custará R$ 5.

O decreto entra em vigor na data da publicação, que ocorreu na última sexta-feira (7), mas de acordo com o presidente da Associação dos Táxis de Lotação de Marabá, Rogério dos Santos Soares, os motoristas passam a fazer a cobrança apenas em sete dias, para que os usuários não sejam pegos de surpresa no momento do pagamento.

O presidente destacou, ainda, que por lei a tarifa dos táxis lotação sempre é majorada junto do reajuste do transporte coletivo, o que aconteceu no início do ano. “O reajuste inclusive está atrasado em uns seis meses, mas vamos dar um prazo para que os passageiros estejam informados antes da cobrança começar”, comentou. Atualmente, 78 táxis lotação circulam na cidade.

De acordo com o decreto, o reajuste considerou reunião realizada em fevereiro na qual o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte Públicos (CMTP) aprovou a majoração da tarifa do serviço proporcionalmente ao do transporte coletivo, além da proposta apresentada pela Associação dos Taxistas de Lotação. Em janeiro, a passagem de ônibus sofreu aumento de 28%, passando de R$ 2,50 para R$ 3,20, o que causou revolta entre os usuários do sistema.

O Correio de Carajás foi às ruas para ouvir a opinião de quem faz uso do meio de transporte e a maior parte das pessoas ouvidas demonstrou insatisfação com o reajuste. O transporte coletivo também foi alvo de reclamações. “Eu estou pagando R$ 3,75 e vai aumentar. Cara, isso tá meio irregular. Meu salário não aumentou nada e a passagem aumenta direto, acho que deveria permanecer o mesmo preço. Eu nem estava sabendo do aumento, é uma surpresa pra mim”, comentou Félix Máximo Guida.

Silas Guilherme afirma que o transporte está cada vez mais pesando no orçamento de quem ganha menos e não tem outra alternativa. “Acho um pouco ruim porque a população necessita desse tipo de transporte, assim como do transporte público, que sempre tem grande demanda. Acho que o aumento talvez seja desfavorável para a população, principalmente a população menos favorecida. Nem todo mundo tem este valor, mal tem para pagar as contas, quanto mais para utilizar esse serviço diariamente”.

Tereza Santos se mostrou revoltada ao saber do reajuste. “Disseram que ia aumentar o ônibus para R$ 3,20 e que ia melhorar, mas não melhorou. Estou caminhando a duas horas esperando que o ônibus passe e passou?  Não! Estou a pé porque não tenho carro e todo dia ando a pé porque não tenho paciência para esperar ônibus, agora o táxi lotação também aumenta? Está errado. Os vereadores da cidade não trabalham por nós”, desabafa.

A filha, Eliana Santos, também discorda da mudança. “Não concordo com o aumento, é muito caro e eu ando de táxi lotação para cima e para baixo para resolver minhas coisas. Se torna caro. Além disso, ainda querem cobrar das crianças e quando a gente não paga eles acham ruim. Não concordo com o aumento”.

Nei dos Santos diz que, ao menos, a corrida de táxi lotação é confortável e vale o preço, ao contrário dos ônibus. “Eu acho que não era justo a passagem de ônibus ter aumentado o valor que aumentou, mas o táxi acho que está correto porque é um meio alternativo rápido e barato. Se a gente for comparar o valor do táxi lotação com o valor da passagem do ônibus, acho que está de acordo. Agora, absurdo é o aumento das passagens de ônibus, que não tem conforto nenhum. Os ônibus daqui estão ultrapassados, são sucata, sem ar-condicionado, demora a passar e a passagem é super cara”. (Luciana Marschall com informações de Josseli Carvalho)

 

Comentários

Mais

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

O Brasil vai receber 842.400 doses da vacina da farmacêutica Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A informação foi dada pelos coordenadores…
Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Fórum discute desafios à garantia de direitos da pessoa idosa

Teve início hoje (13) o 1º Fórum Nacional da Pessoa Idosa. O evento, organizado pelo Ministério da Mulher, Família e…
Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Psicóloga orienta pais a ouvirem e validarem queixas dos filhos

Depois de todo o país se chocar com a morte do menino Henry, de 4 anos, no Rio de Janeiro,…
Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Sexta edição do FIA Cinefront estreia em plataforma de streaming nesta quinta

Com exibição em plataforma de streaming própria, a abertura oficial do 6º Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira, o…
Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Filhote de onça preta é resgatado em Novo Progresso

Moradores de Novo Progresso, sudoeste do Pará, resgataram um filhote de onça preta. De acordo com testemunhas, o animal estava…
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea

Pelo segundo mês consecutivo, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou, em março, alta da taxa para…