Correio de Carajás

Parque Zoobotânico Vale estará fechado no domingo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
3 Visualizações

Neste domingo, dia 28, o Parque Zoobotânico Vale (PZV) informa que estará fechado para visitação pública, devido ao pleito do segundo turno das eleições presidenciais. O espaço reabre normalmente na segunda-feira, 29, a partir das 10h.

O parque é uma opção de lazer para a família de Parauapebas e região. Nos últimos 10 anos, o espaço recebeu mais de 1.170 milhão de visitantes. O recorde de público foi alcançado em 2017, quando mais de 156,5 mil pessoas visitara o espaço. No ano passado, o PZV obteve Certificação de Excelência concedida pelo site Trip Advisor, fruto das frequentes avaliações positivas feitas por visitantes.

A página, que reúne informações e opiniões de turistas sobre locais e estabelecimentos abertos ao público, é uma importante ferramenta para viajantes que buscam sugestões, análises e até fotos de passeios.

Leia mais:

O Parque Zoobotânico Vale está dentro da Unidade de Conservação, fiscalizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), com o apoio da Vale. O espaço é um local de conservação e possui espécies ameaçadas de extinção, como a Harpia (gavião-real), onça pintada, suçuarana, macaco-aranha-da-testa-branca, macaco-aranha-da-cara-vermelha e o macaco cuxiú.

O PZV está aberto à visitação todos os dias da semana, de 10h às 16h, e conta com plantel de aproximadamente 270 animais, com destaque para as espécies de aves e mamíferos da fauna amazônica.

No Pará, a Vale desenvolve suas principais atividades diversificadas de mineração, com produção de ferro, cobre, níquel, manganês e a operação da Estrada de Ferro Carajás (EFC), que passa por 27 municípios entre o Pará e o Maranhão, transportando minérios, grãos e combustível nos trens de carga e mais de 1.300 pessoas diariamente pelo único trem de passageiros do Estado.

Junto com a Fundação Vale, a empresa desenvolve projetos sociais, nas áreas de educação, saúde, geração de renda, empreendedorismo, entre outros, para mais de 50 comunidades localizadas às proximidades de suas operações no Pará.

A Vale ajuda a preservar 786 mil hectares de floresta nativa em apoio ao ICMBio. A empresa mantém, ainda, o Instituto Tecnológico Vale (ITV), com sede em Belém. Seu objetivo é buscar soluções inovadoras de médio e longo prazos, que possam melhorar o desempenho operacional da empresa em todas suas etapas, desde a mina até a entrega final do produto ao cliente. A intenção também é ajudar a gerar mudanças fundamentais nas estruturas de negócios da Vale, com respeito ao meio ambiente e às comunidades. (Ascom/Vale)

 

Comentários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Conforme prometido previamente, a categoria dos músicos da noite de Marabá, que estão sem poder trabalhar há várias semanas, em…
Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

O relatório “Transparência das informações ambientais na Amazônia Legal: o acesso à informação e a disponibilização de dados públicos”, lançado…
MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

O Ministério da Educação (MEC) vai abrir, nos dias 3 e 4 de maio, as inscrições para as bolsas remanescentes…
Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

A cultura paraense é marcada por forte influência indígena. A contribuição do povo mais antigo no solo brasileiro pode ser…
Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode…
MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

Entre os dias 10 e 21 de abril, o Movimento Sem Terra (MST) tem ações afirmativas programadas em torno da…