Correio de Carajás

Parceria com a Vale fortalece produção da agricultura familiar

Hortaliças são comercializadas e feiras e supermercados de Parauapebas/ Fotos: Vale
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A parceria entre associações de produtores rurais e a mineradora Vale está impulsionando a produção da agricultura familiar em Parauapebas, que já abastece feiras e supermercados do município.

De acordo com o gerente de Relações com Comunidades da Vale em Parauapebas, Edivaldo Braga, nos últimos três anos, 60 produtores foram beneficiados com o projeto que tem, entre seus objetivos, a médio prazo, tornar a capital do minério autossustentável no fornecimento de polpas de frutas e hortaliças.

Segundo ele, atualmente a principal cooperativa de frutas da cidade está importando polpas de outros estados. Ele destaca que iniciativa está contribuindo diretamente para o fortalecimento da agricultura familiar no município.

Leia mais:

Entre os produtores, a boa safra e o incremento na renda é motivo de comemoração.  “Nós sempre tiramos o nosso sustento da terra. Antes a gente plantava só a mandioca, mas hoje tem tudo isso aqui na banca e tudo produzido com muito amor. E nossa maior satisfação é ver o sorriso no rosto do cliente que vem aqui na banca e sabe que vai levar um produto fresquinho”, comenta Vanessa Gonçalves de Oliveira.

Vanessa toma à frente na venda da produção da família

Aos 18 anos, ela acabou de concluir o ensino médio e está finalizando o processo para retirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O rosto ainda traz o sorriso de menina, mas Vanessa já é uma microempreendedora, daquelas que assume também o posto atrás do balcão da venda da família, na Feira do Produtor de Parauapebas.

Uma das clientes fiéis da banca de Vanessa é Dona Tereza Bezerra, que é servidora pública do município e trabalha na Feira do Produtor. “Eu sempre compro aqui com a Vanessa porque sei que o produto é de qualidade. Vem diretamente lá da roça, da agricultura familiar. Pode ver que está tudo fresquinho aqui”, observa.

Vanessa, com os pais Juscelino e Dona Ana Oliveira, foram contemplados pelo projeto de hortifruticultura que a Vale está desenvolvendo em parceria com a associação de produtores de Palmares II. Nos três primeiros meses de implantação do sistema de irrigação, a família iniciou o plantio de culturas de ciclo curto, consorciado ao cultivo de cupuaçu e banana, desta forma, diversificando a produção. No período, o faturamento chegou a R$ 3.300,00 mil por mês. (Tina Santos – com informações da Vale)

Comentários

Mais

Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em janeiro

Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em janeiro

A Caixa inicia hoje (18) os pagamentos da terceira parcela do auxílio emergencial 2021. Os beneficiários nascidos em janeiro serão…
Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19

Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19

O Instituto Butantan fez hoje (18) a entrega de mais 2,2 milhões de doses da vacina contra o coronavírus CoronaVac. O imunizante…
Vacinas da Janssen não chegarão ao Brasil nesta semana

Vacinas da Janssen não chegarão ao Brasil nesta semana

Achegada ao Brasil de 3 milhões de doses de vacinas da Janssen não ocorrerá mais nesta semana. A informação foi…
Quina de São João terá prêmio de R$ 190 milhões

Quina de São João terá prêmio de R$ 190 milhões

Daqui a oito dias, em 26 de junho, será realizado o sorteio da Quina de São João, que este ano…
Começa neste sábado a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena

Começa neste sábado a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena

Com o objetivo de promover a cultura esportiva entre os povos indígenas a Prefeitura de Parauapebas, por meio do Departamento…
Com avanço da vacinação, Pará reduz em 45% o número de mortes de idosos acima de 70 anos

Com avanço da vacinação, Pará reduz em 45% o número de mortes de idosos acima de 70 anos

Um estudo realizado pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) constatou que o avanço da imunização contra a Covid-19 no…