Correio de Carajás

Parauapebas tem oficialmente 42 bairros, 2 regiões comerciais e 5 regiões rurais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O prefeito Darci Lermen sancionou e publicou na última semana a Lei Complementar nº 24/2021 que institui o Plano Diretor do Município de Parauapebas (PDMP), conhecido como “Lei dos Bairros”. Com isso, está encerrada a confusão que havia sobre os bairros da cidade, como, por exemplo, quantos eram e onde começava um e acabava o outro.

Conforme a lei, Parauapebas tem agora 42 bairros divididos em 12 regiões urbanas e duas regiões comerciais: FAP e Polo Moveleiro. Até então, especulava-se haver entre 30 e 78 bairros, o que confundia a população, carteiros, entregadores e prestadores de serviço. 

Com 284 artigos, o PDMP foi regulamentado em junho do ano passado e criou, também, cinco regiões rurais e seis regiões comerciais industriais. O município foi dividido, ainda, em cinco zonas: norte, nordeste, central, sudeste e sul.

Leia mais:

Na VS-10, zona sul de Parauapebas, por exemplo, falava-se em mais de 30 bairros. Com a nova legislação, estes foram reduzidos a seis: Parque das Nações, São Lucas, Brasília, Morada Nova, Jardim Planalto e Jardim América.

“Essa lei define onde começa e onde termina cada bairro, informação que a gente não tinha. Foi criado o que chamamos de linha imaginária, que é o zoneamento dos nossos bairros”, explicou a coordenadora de Planos Institucionais da Secretaria Especial de Governo (Segov), Lauriane Rodrigues, por meio da assessoria de comunicação da PMP.

Com a reorganização do município, será possível traçar o perfil socioeconômico e ambiental de cada área da cidade e, a partir disso, a Prefeitura poderá desenvolver projetos direcionados para cada bairro. (Luciana Marschall – com informações da Ascom/PMP)

Veja como Parauapebas ficou organizada:

I – Zona Central:

a) Cidade Nova;

b) Primavera;

c) Maranhão;

d) Rio Verde;

e) Nova Vida;

f) União;

g) Liberdade I;

h) Liberdade II;

i) Da Paz;

j) Caetanópolis;

k) Guanabara;

l) Paraíso;

m) Esplanada;

n) Linha Verde.

II – Zona Norte:

a) Beira Rio;

b) Parque dos Carajás;

c) Vila Rica;

d) Habitar Feliz;

e) Altamira;

f) Novo Horizonte;

g) Jardim Canadá;

h) Betânia;

i) Alto Bonito;

j) FAP;

k) Santa Luzia;

I) Novo Viver;

m) Vale do sol;

n) Tropical;

o) Polo Moveleiro.

III – Zona Nordeste:

a) Minérios;

b) Cidade Jardim.

IV – Zona Sul

a) Parque das Nações;

b) São Lucas;

c) Brasília;

d) Morada Nova;

e) Jardim América;

f) Jardim Planalto.

V – Zona Sudeste:

a) Nova Carajás;

b) Apoena;

c) Amazônia;

d) Alvorá;

e) Novo Brasil.

Comentários

Mais

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

O Brasil ultrapassou o número de 500 mil mortes por Covid-19 e a cantora Ivete Sangalo compartilhou uma postagem no Instagram lamentado…
Vacina contra covid não tem efeito magnético

Vacina contra covid não tem efeito magnético

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: É falso que a vacina contra a covid-19 deixe a pele “magnética”. Ao contrário do que…
Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

A presidência do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) estabelece que as unidades administrativas e judiciárias integrantes da Regiões do…
Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Da casa do agricultor Jedeon Miranda de Andrade, 33 anos, à produção de abacaxi, percorremos quase dois quilômetros, passando primeiro…
Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Em manifestação pacífica ocorrida neste domingo (20), no quilômetro 18 da Estrada de Ferro Carajás, em trecho do Ramal S11D,…
Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

O Brasil é um país com enormes possibilidades energéticas, mas ainda está refém das chuvas e das usinas termoelétricas, que…