Correio de Carajás

Parauapebas soma 54 medalhas, sendo 9 de ouro, em Mundial de Karatê

Parauapebas soma 54 medalhas, sendo 9 de ouro, em Mundial de Karatê
Fotos: Theiza Cristhine
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Praticantes do Karatê de várias faixas etárias desfilaram pelas ruas de Parauapebas na tarde de hoje, sexta-feira (25), ostentando o impressionante resultado dos atletas locais no Campeonato Mundial de Karatê, realizado entre os dias 17 e 20 deste mês, em Fortaleza, capital do Ceará. Ao todo, representantes de diferentes associações e institutos somaram 54 medalhas, dentre estas, nove de ouro.

Uma delas decora o peito do professor público Josberto Girão, que aos 50 anos encerra a carreira nas arenas conquistando o último título que ainda almejava: o de campeão mundial. “Já fui tricampeão brasileiro, faltava esse título”, comemora. Ele também fez parte da comissão técnica que viajou para o Nordeste, enquanto responsável pela Associação Girão de Artes Marciais que sozinha conquistou 32 medalhas, sendo quatro de ouro.

“Fomos num total de 93 atletas, mais a comissão técnica, 108 pessoas. Voltamos com um total de 54 medalhas, dentre estas nove de ouro. Temos aí nove campeões mundiais. Alguns estão renovando título, estão se tornando bicampeões mundiais. São atletas de institutos e associações, com apoio do município, oriundos de trabalho social com crianças em situação de vulnerabilidade”, observa.

Leia mais:

Levaram atletas, ainda, o Projeto Pipa, o Instituto Ágape e o Instituto Samurai. Conforme Girão, esses jovens são recrutados em comunidades onde passam horas ociosas nas ruas e o acompanhamento vai além do esporte. “Essas crianças são trabalhadas, melhoram as notas em escola, melhorando o comportamento, passam por triagem médica e psicológica, além do treinamento rigoroso de Karatê”.

O desfile, que contou com o caminhão do Corpo de Bombeiros, partiu da Portaria de Carajás em direção à Prefeitura Municipal. No local, os atletas foram recebidos pelo prefeito. “Eles não vieram de fora, eles são daqui, a maioria nasceu aqui. É maravilhoso essas crianças poderem viajar o mundo através do Karatê, do esporte, por meio de uma atividade de inclusão social e que possamos ter uma cidade onde há uma valorização grande não apenas do esporte, mas da pessoa em si”, comentou o administrador. (Theiza Cristhine e Luciana Marschall)

Mais

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

Grêmio enfrenta Lanús, da Argentina, logo mais pela Sul-Americana

O Grêmio vai receber o argentino Lanús nesta quinta-feira (13), na Arena do Grêmio, às 19h15. Em caso de vitória do time…
Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

Entidades do futebol inglês apoiam nova lei contra bullying virtual

As entidades que governam o futebol inglês apoiaram uma nova lei em planejamento para punir empresas de redes sociais que…
City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

City conquista título inglês antecipadamente após derrota do United

O Manchester City foi confirmado como campeão da Premier League com três jogos de antecedência, depois que o segundo colocado…
Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

Técnico do United pede que torcedores evitem protestos violentos

O técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, pediu aos torcedores que evitem mais protestos violentos antes do jogo remarcado…
Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

O Ministério da Saúde anunciou hoje (11) a vacinação contra a covid-19 de toda a delegação olímpica e paraolímpica brasileira que vai…
Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Semifinais começam com Remo, Tuna, Paysandu e Castanhal

Remo, Paysandu, Tuna e Castanhal começam neste domingo (9) as semifinais do Parazão Banpará 2021. Pelo andar da carruagem, deve…