Correio de Carajás

Parauapebas: Pais exigem segurança em escola assaltada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Aproximadamente 30 pais de alunos realizaram manifestação na manhã desta quarta (12) em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental Eurides Santana, no Bairro Rio Verde, em Parauapebas, exigindo que seja aumentada a segurança de estudantes, professores e outros profissionais da unidade.

Na segunda-feira (10) uma professora estava em sala de aula, acompanhada de alunos do 1º ano, com idades entre 5 e 6 anos, quando foi rendida por um bandido e teve o aparelho celular roubado. Ela foi ameaçada por ele, que portava uma arma de fogo.

Menos de três meses atrás, em novembro, a mesma escola foi vítima de um arrastão e uma adolescente chegou a ser agredida. De acordo com Marli de Mendonça Soares, mãe de dois estudantes matriculados na unidade, de 6 e 9 anos, os pais estão preocupados.

Leia mais:

“Teve período de férias, não teve reforma e os marginais estão invadindo a escola. Esta já é a segunda ou terceira vez que é assaltada e a professora do meu filho foi assaltada nesta semana. Pularam o muro, que é baixo. Eles sobem no pé de árvore e entram pelo muro”, informou, destacando que alunos presenciaram o assalto.

“O bandido chegou armado e tomou o celular dela, as crianças ficaram nervosas. Depois veio polícia, as professoras tiveram que acalmar os alunos”, comentou. Após o crime nesta segunda, representantes dos pais convocaram a reunião desta quarta e outra manifestação está agendada para a quinta-feira (13).

Procurada, a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas, responsável pela unidade, emitiu nota informando que um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia e o caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

“Além disso, o aumento do muro dos fundos da escola está sendo avaliado bem como a instalação de câmeras de monitoramento no interior da escola, por meio de uma parceria com a Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), que disponibilizará os equipamentos”, diz o texto.

A Ascom frisa, ainda, que a Guarda Municipal e a Polícia Militar realizam ações e rondas diárias em mais de 70 escolas do município. “Portanto, não deixam de estar atentas à segurança da comunidade escolar, inclusive com trabalho de prevenção”.

Por fim, a prefeitura repudiou toda forma de violência contra o indivíduo de qualquer natureza e contra instituições e se comprometeu em não medir esforços para intensificar o trabalho de prevenção e combate à violência. (Luciana Marschall)

Mais

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Helder inaugura, entrega cheques e assina ordens de serviço em Marabá

Em visita a Marabá nesta quarta-feira (12) o governador Helder Barbalho rodou a cidade fazendo inaugurações, assinando ordens de serviço,…
Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Cruzamento na VS-10 causa graves acidentes de trânsito

Um cruzamento entre a Avenida VS-10 e a Rua Florita, na altura do Bairro Morada Nova, em Parauapebas, tem causado…
Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez empreendedores fizeram vendas online na pandemia

Sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas (73,4%) do país estão fazendo vendas online durante a pandemia do novo coronavírus.…
Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

Brasil inaugura primeira antena rural para a internet 5G

O Brasil já tem instalada a sua primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G). A tecnologia funcionará,…
Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

Defensoria recomenda vacina a pessoas presas de grupos prioritários

A Defensoria Pública do Pará (DPE) emitiu uma recomendação ao Governo do Estado para que as pessoas privadas de liberdade…
Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Comissão da OMS faz recomendações para evitar próxima pandemia

Um novo sistema global transparente deveria ser criado para apurar surtos de doenças, habilitando a Organização Mundial da Saúde (OMS)…