Correio de Carajás

Parauapebas: Orçamento recorde de R$ 1,6 bilhão é aprovado

Vereadores aprovaram a LOA 2020 em sessão extraordinária - Foto: Ascom/CMP
Vereadores aprovaram a LOA 2020 em sessão extraordinária - Foto: Ascom/CMP
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Em sessão extraordinária realizada no último sábado, 21, a Câmara de Municipal de Parauapebas (CMP) aprovou a Lei Orçamentária Anual (LOA) que define o orçamento a ser executado em 2020 para o município. A receita total estimada foi estabelecida por meio do Projeto de Lei nº 79/2019, de autoria da administração municipal, que prevê que o orçamento fiscal e da seguridade social seja de R$ 1.680.000.000,00, um recorde na história de Parauapebas, que este ano já fechou com orçamento também recorde de R$ 1,5 bilhão.

A LOA direciona os serviços públicos e ações do Poder Executivo no próximo ano. A lei estipulou que a receita do orçamento fiscal atinja o montante de R$ 1.680.510.000,00 e a receita destinada ao orçamento da seguridade social alcance o valor de R$ 42.490.000,00.

O Poder Executivo ainda está autorizado a fazer ajustes necessários, buscando a flexibilidade e atendimento das necessidades da administração. O Projeto de Lei Orçamentária Anual nº 79/2019 tramitou nas Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e de Finanças e Orçamento (CFO), que emitiram pareceres favoráveis pela aprovação.

Leia mais:

Ainda na sessão extraordinária, o vereador Joel do Sindicato apresentou a Emenda Substitutiva n° 206 ao Projeto de Lei n° 79/2019. A emenda alterar o art. 8° da PLOA 2020, de modo que os poderes Executivo e Legislativo estejam autorizados a abrir créditos adicionais suplementares ao orçamento fiscal e da seguridade social até o limite de 0,5%.

O Projeto da LOA/2020 definia suplementação de até 35%. Ou seja, a emenda proposta por Joel diminui o percentual de crédito adicional para despesas não computadas ou insuficientemente dotadas. O vereador explicou que não ver como conveniente a possibilidade de se conceder autorização ao Executivo para suplementar dotações orçamentárias até o limite de 35% do orçamento em exame sem que o Executivo apresente justificativas plausíveis para tanto.

“Já existe previsto no orçamento a reserva de contingência na ordem de R$ 6.202.300,00, que deverá, de antemão, atender situações não previstas orçamentariamente. A autorização requerida só teria sentido por solicitações em projetos de lei específicos onde se possa evidenciar a real necessidade e a plausibilidade da justificativa”, destacou.

Conforme o parlamentar, a diminuição no percentual é um mecanismo de garantir o exercício da função fiscalizadora inerente às atribuições da Câmara Municipal de Vereadores. A emenda substitutiva exclui do limite os créditos adicionais e suplementares decorrentes de leis municipais específicas aprovadas no exercício.

Saúde e Educação terão mais de R$ 500 milhões para 2020

Na LOA as despesas foram fixadas considerando o volume de recursos previstos e a evolução dos custos de manutenção de cada um dos órgãos e setores da administração, bem como a geração de despesas oriundas da criação, expansão e aperfeiçoamento da ação governamental. As secretarias de Saúde e Educação terão, juntas, mais de R$ 500 milhões.

Veja abaixo quanto cada órgão do governo tem projetado em orçamento para o próximo ano:

Gabinete do Executivo: R$1.500.000,00

Secretaria de Planejamento e Gestão: R$ 10.000.000,00

Secretaria de Cultura: R$ 9.000.000,00

Fundo Municipal de Cultura: R$ 200.000,00

Secretaria de Desenvolvimento: R$ 16.200.000,00

Procuradoria Geral: R$ 13.000.000,00

Secretaria de Esportes e Lazer: R$ 11.200.000,00

Secretaria de Administração: R$ 18.000.000,00

Secretaria da Fazenda: R$ 69.700.000,00

Secretaria de Serviços Urbanos: R$ 74.983.420,00

Secretaria de Meio Ambiente: R$ 7.500.000,00

Fundo Municipal do Meio Ambiente: R$ 1.700.000,00

Secretaria de Obras: R$ 172.000.000,00

Secretaria de Produção Rural: R$ 25.000.000,00

Secretaria de Educação: R$ 20.000.000,00

Fundo Municipal de Educação (Fumep): R$ 235.168.700,00

Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb): R$ 191.000.000,00

Secretaria de Saúde: R$ 40.000,00

Secretaria de Assistência Social: R$ 6.000.000,00

Fundo dos Direitos da Mulher: R$ 2.280.000,00

Secretaria da Mulher: R$ 4.520.000,00

Secretaria de Habitação: R$ 50.000,00

Fundo Municipal de Habitação e de Interesse Social: R$ 58.000.000,00

Secretaria Municipal de Mineração, Energia e Tecnologia: R$ 3.000.000,00

Secretaria de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão: R$ 53.000.000,00

Fundo de Integração e Protagonismo Juvenil: R$ 200.000,00

Fundo Municipal de Desenvolvimento do Turismo: R$ 1.556.000,00

Fundo de Regularização Fundiária: R$ 28.918.000,00

Fundo Especial de Custeio de Iluminação: R$ 18.016.580,00

Prosap – Programa de Saneamento Ambiental do Rio Parauapebas: R$ 85.000.000,00

Fundo Municipal de Saúde: R$ 285.000.000,00

Fundo Municipal de Assistência Social: R$ 35.000.000,00

Fundo Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente: R$ 6.720.000,00

Fundo da Pessoa com Deficiência: R$ 165.000,00

Fundo Municipal da Pessoa Idosa: R$ 100.000,00

Orçamento da Administração Indireta (Saaep): R$ 54.000.000,00

Vereadores terão mais de R$ 50 milhões em emenda

O valor reservado para emendas parlamentares na PLOA para 2020 também é ‘generoso’, somando R$ 50.400.000,00.  Cada vereador apresentou emendas sugerindo a aplicação de recursos em diversas áreas, tais como saúde, educação, assistência social, segurança pública, esporte e lazer, obras, produção rural, meio ambiente, saneamento básico, entre outras.

O projeto agora para sanção do prefeito Darci Lermen. Se for sancionada como está, a LOA passa a vigorar a partir do dia 1º de janeiro até 31 de dezembro de 2020. Após a votação, os trabalhos legislativos de 2019 foram oficialmente encerrados, retornando em fevereiro do próximo ano. (Tina Santos)

Comentários

Mais

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

"Não é sobre partidos", afirma Ivete Sangalo sobre 500 mil mortes; veja outras reações

O Brasil ultrapassou o número de 500 mil mortes por Covid-19 e a cantora Ivete Sangalo compartilhou uma postagem no Instagram lamentado…
Vacina contra covid não tem efeito magnético

Vacina contra covid não tem efeito magnético

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: É falso que a vacina contra a covid-19 deixe a pele “magnética”. Ao contrário do que…
Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

Unidades judiciais de Carajás e do Araguaia têm nova etapa de retorno gradual

A presidência do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) estabelece que as unidades administrativas e judiciárias integrantes da Regiões do…
Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Produção de abacaxi e mandioca se destaca na Região do PA Lajedo

Da casa do agricultor Jedeon Miranda de Andrade, 33 anos, à produção de abacaxi, percorremos quase dois quilômetros, passando primeiro…
Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Moradores próximos ao Ramal S11D protestam em ferrovia

Em manifestação pacífica ocorrida neste domingo (20), no quilômetro 18 da Estrada de Ferro Carajás, em trecho do Ramal S11D,…
Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

Conta de luz deve continuar subindo e risco de racionamento é alto

O Brasil é um país com enormes possibilidades energéticas, mas ainda está refém das chuvas e das usinas termoelétricas, que…