Correio de Carajás

Parauapebas: Lojas são arrombadas e comerciantes reclamam de insegurança

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Três lojas foram alvo de bandidos, esta semana, no centro comercial do Bairro Rio Verde, em Parauapebas. O último arrombamento aconteceu em uma loja de eletrodomésticos, na madrugada desta quarta-feira (20).

O gerente da loja, Thiago Fernandes, contou que recebeu uma ligação ainda de madrugada da central de alarmes. “De manhã, quando a gente chegou na loja, viu que a porta da frente estava arrombada. Fizemos um levantamento do que tinha sido levado. Foram três TVs e dois DVDs”, contou Thiago, revoltado.

Ele disse que outras lojas também já foram arrombadas e pede mais policiamento na Rua do Comércio.

Leia mais:

Na mesma via, uma ótica teve a vidraça quebrada e – de lá – foram levadas 15 armações. A funcionária da loja, Larissa de Paula, disse que o prejuízo foi de aproximadamente R$ 10 mil e acredita que os arrombamentos no centro comercial são feitos pelo mesmo homem.

Uma das câmeras de segurança flagrou o momento em que um rapaz, de camiseta vermelha e boné, jogou uma pedra na vitrine. “A gente pede mais segurança. Às sete da noite a gente não vê ninguém na Rua do Comércio e a viatura passa poucas vezes por aqui”, destacou Larissa.

Em outra ótica, houve duas tentativas de furtos. “Na primeira vez o bandido tentou arrombar a porta, mas não conseguiu. Na outra vez, a vidraça da nossa loja foi quebrada com uma pedra, mas felizmente nada foi levado”, conta a gerente, Noelia Sousa. Pra reforçar a segurança, ela resolveu instalar as grades na loja.

O vídeo com as imagens do suspeito de cometer os furtos foi entregue à Delegacia da Polícia Civil de Parauapebas. Sobre a reclamação dos comerciantes com a falta de segurança, o major Emmett Alexandre da Silva, subcomandante do 23º Batalhão da Policia Militar em Parauapebas, reconheceu que existe dificuldade em fazer o patrulhamento no bairro.

“Em Parauapebas, a área comercial não é centralizada só num bairro. A cidade tem várias áreas comerciais e quanto maior essa área comercial, mais complicado de fazer o policiamento de contento”, destacou. Mas o Major afirmou que diante das ocorrências de arrombamento, já aumentou o número de rondas feito pelas viaturas, na rua do comércio. “A gente pede pra quem reconhecer esse meliante, que nos avise, denuncie, para que a gente possa prendê-lo”, conclui o Major. (Dayse Gomes – com a colaboração de Adriano Baracho)

Mais

Recém-nascido com doença rara é transferido de Marabá para Porto Alegre

Recém-nascido com doença rara é transferido de Marabá para Porto Alegre

O pequeno Enrico Ferro, de 22 dias, foi transferido de Marabá, sudeste do Pará, para Porto Alegre, no Rio Grande…
Correio FM e TV Correio têm programação especial no Dia das Mães

Correio FM e TV Correio têm programação especial no Dia das Mães

A manhã de sábado (8) foi comemorando um Dia das Mães antecipado, com gostinho de quero mais. “Foi só um…
Legado de Melquíades à educação de Marabá

Legado de Melquíades à educação de Marabá

A educação marabaense, nas últimas quatro décadas, recebe, de alguma forma, as digitais de Melquíades Justiniano da Silva. Esse baiano,…
Postagem que associa Doria e Lulinha na compra da Coronavac é falsa

Postagem que associa Doria e Lulinha na compra da Coronavac é falsa

 Leia mais: + Recém-nascido com doença rara é transferido de Marabá para Porto Alegre + Correio FM e TV Correio…
DMTU faz o lançamento do Movimento Maio Amarelo

DMTU faz o lançamento do Movimento Maio Amarelo

Com o objetivo de colocar em pauta o tema da segurança viária, o Movimento Maio Amarelo nasce com a proposta…
Dia 10 de maio marca a emancipação de oito municípios da região

Dia 10 de maio marca a emancipação de oito municípios da região

Esta segunda-feira, 10 de maio, será um feriado especial para muitas cidades do Pará. Mais precisamente para 15 municípios, que…