Correio de Carajás

Parauapebas: Igrejas Católicas fazem celebrações virtuais pela ressureição de Cristo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

“É a data mais significativa para todos nós, no sentido que corresponde toda nossa fé, a graça através da iniciativa de Deus que nos enviou o seu filho amado, que morre no nosso lugar, assume as nossas culpas”, explica o padre Hudson sobre a semana santa. Durante este período, que vai até o domingo de Páscoa, ele celebra as missas, em Parauapebas, que serão transmitidas pelas redes sociais.

A programação inicia nesta quinta-feira (9), com a missa Ceia do Senhor, às 19 h, através das redes sociais da Paroquia Cristo Rei, presente nas plataformas digitais do Youtube, Facebook e Instagram.

Na Sexta-feira Santa (10) as celebrações começam às 9h, com a transmissão da Via Sacra, as 15h será transmitido o Beijo da Cruz – função litúrgica do Senhor morto. Já no sábado (11) é dia da Vigília Pascal, às 9h. As programações serão encerradas no Domingo (12), com a Santa Missa Domingo de Páscoa, em dois horários, às 7h30 e às 19h. 

Leia mais:

Padre Hudson pontua que a igreja também está se readequando durante a pandemia mundial. “É uma fase diferente, estamos em fase de adaptação, estamos levando espiritualização para o nosso povo e estamos atendendo as pessoas pelas mídias sociais. A gente sente a falta das pessoas, são momentos fortes de evangelização, mas é preciso cuidar da saúde, tanto física quanto espiritual”, orienta.

O sacerdote conta que há três finais de semana as missas são celebradas usando as redes sociais porque todas as programações que agregavam público foram suspensas, evitando aglomerações. “Desde quando a pandemia se espalhou pelo mundo a igreja logo se precaveu, por estar olhando pela saúde dos nossos fiéis”, detalha o padre.

O padre cita ainda que a data é um momento para reflexão e que relembra o compromisso de Deus com os filhos. “Manifestando que todos nós, assim como Jesus, ressuscitará para a vida eterna. A mensagem para esta data é de comtemplar o amor de Deus”, diz.

Da morte à ressurreição

A morte e a ressurreição de Cristo constituem o acolhimento central e definitivo da salvação para a comunidade cristã, chamada Páscoa de Jesus, e celebrada em todo o mundo. A Páscoa significa passagem e a Páscoa de Cristo é sua passagem da morte na cruz para a ressurreição. (Theíza Cristhine)

Comentários

Mais

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Vereador de Marabá entrega título de Honra ao Mérito ao presidente Bolsonaro

Antes de iniciar seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro convidou para o palco o vereador Fernando Henrique, de Marabá, e…
Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Em Marabá, Bolsonaro exalta “propriedade sagrada” e critica o MST

Festejado por apoiadores em Marabá, que estiveram aos milhares acompanhando seus passos desde o desembarque no aeroporto local, o presidente…
Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Parauapebas começa a vacinar pessoas sem comorbidades a partir de 50 anos

Neste sábado (19) todas as unidades de saúde das zonas urbana e rural de Parauapebas abrem das 9 às 17…