Correio de Carajás

Parauapebas extrapola limite de chuvas e risco de deslizamentos aumenta

Defesa Civil esta monitorando 91 áreas de risco em Parauapebas (Foto: Mateus Cirilo/TV Correio Parauapebas)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Com previsão de fortes chuvas continuarem caindo na região sudeste do Pará ao longo dos próximos dias, a Defesa Civil de Parauapebas aumentou o monitoramento de áreas de risco e alerta a população para a possibilidade de deslizamentos, principalmente nos bairros Betânia, Nova Vida, Nova Vitória, São Lucas e Liberdade.

Imagens: PMM

Nesta quinta-feira (18), o coordenador-adjunto da Defesa Civil, Erik Nascimento, informou ao Correio de Carajás que o volume de chuvas na cidade vem sendo monitorado desde o dia 1º de fevereiro, assim como a previsão metrológica. “Desde então já choveu mais de 250 milímetros, o suficiente para extrapolar o limite esperado para o mês de fevereiro”, afirma.

Conforme ele, desde janeiro o órgão vem atuando diretamente nas comunidades e alertando a população via SMS, redes sociais e Assessoria de Comunicação. “A orientação é para que as famílias, assim que detectarem qualquer tipo de situação anormal, entrem em contato com a Defesa Civil”.

Leia mais:

Erick explica que desde 2019 são mapeadas 91 áreas de risco em Parauapebas. Destas, mais de 60 são propensas a deslizamentos. Ontem, quarta-feira (17), foram registradas duas ocorrências neste sentido, mas ambas de pequeno porte. Apesar disso, duas famílias precisaram ser removidas e encaminhadas para casas de amigos e parentes. “Nosso setor social já está prestando todo o apoio necessário a essas famílias”, garantiu o adjunto. 

Erick Nascimento acrescenta que, além de atentar aos sinais, é recomendado evitar-se falar ao celular com o aparelho ligado à tomada e é importante guardar pertences pessoais, como documentos e dinheiro, em sacolas plásticas, o que pode facilitar uma locomoção mais rápida em caso de necessidade. 

O município redobra a atenção, também, em relação à possibilidade de inundação, vez que nesta quinta o nível do Rio Parauapebas atingiu 8,49 metros. Conforme a Prefeitura de Parauapebas, a cota de alerta é de 8,86 metros, quando passa ele transborda e passa a inundar algumas áreas, mas ainda sem atingir residências.

Emergências e situações adversas devem ser relatadas pelos números da Defesa Civil – 199 e (94) 3356-2597. “A gente vai enviar uma equipe para melhor atender a população”, compromete-se.  (Luciana Marschall – com informações de Rayane Pontes)

Comentários

Mais

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…