Correio de Carajás

Parauapebas: Criminosos aplicam golpes por WhatsApp e em sites

Delegado Felipe Oliveira: “O golpe de WhatsApp clonado tem sido muito frequente”
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil de Parauapebas alertou, nesta quarta-feira (18), para golpes do WhatsApp clonado e do falso intermediador de vendas na Internet. O delegado Felipe Oliveira, por meio do Correio de Carajás, pede que a população fique atenta a estes crimes que já são recorrentes na cidade e devem aumentar nessa época de final de ano. “Quase que diariamente, vítimas desses golpes procuram a polícia e, no final de ano, com o décimo terceiro, estes golpes tendem a crescer”, detalha o delegado.

No intuito de impedir que mais parauapebenses sejam vítimas desses crimes, Felipe faz orientações. “O golpe de WhatsApp clonado tem sido muito frequente, evite clicar em links de números desconhecidos, mas caso isso aconteça, é preciso informar através do e-mail do WhatsApp imediatamente, o aplicativo da vítima será temporariamente desativado”, explica.

Uma vítima que prefere não se identificar narrou à reportagem ter levado um prejuízo de R$ 1.500. “Clonaram o WhatsApp da corretora de imóveis que aluga meus apartamentos, então selecionaram alguns contatos, e se passando por mim pediram dinheiro, sete pessoas caíram no golpe”, relatou, acrescentando que por terem negócios juntas não desconfiou de nada.

Leia mais:

Já sobre os golpes de vendas em sites como a OLX e o Mercado Livre, cita o delegado, as pessoas devem obter o máximo de informações. “Suspeite de preços muito atrativos, somente finalize compras, no caso de veículo ou objetos de valor, presencialmente, diretamente com a pessoa, sem a interferência de uma terceira pessoa, ou transferência para contas de terceiros”, detalha. As vítimas devem registrar o Boletim de Ocorrência (B.O).

Preso

No dia 2 de novembro deste ano, Nazareno Borges Leitão, de 41 anos, foi preso em Parauapebas, suspeito de tentar aplicar um golpe em um policial militar, que havia colocado à venda, no site OLX um colar no valor de R$ 17 mil. Nazareno interessou-se pelo objeto, avisou o proprietário e enviou um falso comprovante de depósito, mas que foi descoberto a tempo. Depois da prisão, outras vítimas o reconheceram como golpista.

Cartilha

Uma cartilha alertando para golpes na internet foi produzida pela Polícia Civil para ajudar a barrar os crimes de estelionato que têm se propagado no mundo virtual, principalmente neste período em que mais pessoas utilizam a Internet em meio à pandemia do novo coronavírus. O documento com um total de 18 páginas, com várias dicas de prevenção e segurança, foi lançado e está disponível neste link. (Theíza Cristhine e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Polícia Civil destrói 3 mil pés de maconha em Novo Repartimento

Polícia Civil destrói 3 mil pés de maconha em Novo Repartimento

Três pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil de Novo Repartimento, suspeitas de cultivar uma plantação de maconha com…
PM prende traficante na Folha 22 com um quilo de maconha

PM prende traficante na Folha 22 com um quilo de maconha

Na tarde desta quinta-feira (29), militares da Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), com informações do Disque Denúncia, foram informados…
Homem é preso por tráfico e homicídio e irmã menor de idade é apreendida

Homem é preso por tráfico e homicídio e irmã menor de idade é apreendida

Acusado de tráfico de drogas e homicídio qualificado, Wenderson Brito Lopes, vulgo “Brou”, foi preso na manhã desta quarta-feira, 28,…
Postos de combustível foram autuados por envolvimento com garimpo ilegal

Postos de combustível foram autuados por envolvimento com garimpo ilegal

Dando prosseguimento à Operação Samaúma, dois postos de combustível foram fiscalizados e autuados por abastecer infratores ambientais que trabalhavam, principalmente,…
Traficante oferece R$ 10 mil para não ser preso

Traficante oferece R$ 10 mil para não ser preso

Jardel Oliveira da Silva, de 35 anos, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (28)…
Acusados de executar vítima dentro de ambulância são presos

Acusados de executar vítima dentro de ambulância são presos

Jacienni Bispo Santos, 44 anos, e Maykon Sousa de Melo, 33 anos, foram presos nesta quarta-feira, 28, após a Delegacia…