Correio de Carajás

Parauapebas busca recuperação fiscal com novo programa de gestão fazendária

Foto: reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para voltar a ter uma arrecadação fiscal capaz de garantir obras no município, a prefeitura de Parauapebas, no Sudeste do Estado, lança nesta sexta, às 19h, na Câmara de Vereadores, o Programa de Modernização de Administração Tributária. Embora ocupe um dos primeiros lugares do ranking dos municípios que mais arrecadam com o pagamento de impostos no Estado, Parauapebas registrou queda significativa na arrecadação própria (excluindo convênios e repasses de fundos de participação ou de educação), conforme dados da secretaria municipal de Fazenda.

Segundo números do órgão, em 2013 Parauapebas chegou a arrecadar R$ 144 milhões por conta de obras que a empresa Vale realizou no município, proporcionando aumento na arrecadação do Imposto Sobre Serviços. Mas, com o fim das obras e a retração econômica da empresa por conta da crise econômica, houve queda de 60% no recolhimento de ISS. A arrecadação até outubro deste ano chegou a somente R$ 56 milhões. “Perdemos muito ISS nos últimos quatro anos, o que comprometeu a realização de obras”, explica o secretário de Finanças de Parauapebas, Keniston Braga.

Outro fator que motivou queda na arrecadação, principalmente do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) foi a não atualização cadastral de novos imóveis no município, que registrou nos últimos dez anos uma considerável expansão populacional. “Temos aproximadamente de 40 a 50 mil imóveis não tributáveis por falta de cadastros. Há bairros que foram criados nos últimos anos que tem entre 30% a 40% de lotes, que não estão em uso, seja por especulação imobiliária ou outros motivos”, detalha Anízio Teixeira, diretor do Departamento de Tributos Municipais. Ele acrescenta a realização pela prefeitura do georeferenciamento para a elaboração de cadastro multifinalitário para ter um mapeamento concreto e preciso dos novos imóveis e possíveis novos contribuintes.

Leia mais:

De acordo com o departamento, estão cadastrados hoje no município 92.505 contribuintes, entre pessoas físicas e jurídicas. “Com o novo programa queremos aumentar o número de contribuintes. Só de empresas a nossa expectativa é cadastrar de 15 e 18 mil empresas, que ainda não estão cadastradas”, aposta Teixeira.

Programa de Modernização

A nova plataforma tecnológica oferece um serviço de recadastramento eletrônico das empresas, credenciamento e acesso com senha e Certificado Digital ICP-Brasil, ambiente de notícias, acesso rápido para consulta de processos, consulta e obtenção do recibo de retenção na fonte, verificação de autenticidade da NFSd, dentre outras. “O país passa por uma grave crise econômica, o que vem causando um reflexo negativo principalmente nos municípios. A busca de alternativas para implementar políticas públicas, sem o aumento de impostos, passou a ser o principal desafio da administração, e entendemos que modernizar o sistema oferecendo ao contribuinte agilidade e praticidade na realização de suas obrigações parece ser a melhor alternativa. Esperamos diminuir a evasão fiscal e corrigir as distorções que atrapalham o crescimento econômico”, aposta o secretário de Finanças de Parauapebas, Keniston Braga.

(DOL)

Comentários

Mais

Anvisa determina recolhimento de lote com mais de 40 mil doses de Coronavac no Pará

Anvisa determina recolhimento de lote com mais de 40 mil doses de Coronavac no Pará

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de 25 lotes de vacinas Coronavac, entre eles o lote…
Prazo para prova de vida acaba dia 30 para aposentados e pensionistas

Prazo para prova de vida acaba dia 30 para aposentados e pensionistas

Aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que ainda não fizeram, junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a comprovação…
Usuários de mototáxi em Marabá denunciam cobrança acima da tabela

Usuários de mototáxi em Marabá denunciam cobrança acima da tabela

Vários usuários do serviço de mototáxi em Marabá estão revoltados com a cobrança que os condutores estão fazendo, acima da…
Pará registra 589.628 casos e 16.630 mortes pela Covid-19

Pará registra 589.628 casos e 16.630 mortes pela Covid-19

O Pará contabilizou mais 376 casos de Covid-19 e 6 mortes causada pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
NÃO É FAKE: Conta de luz da Equatorial Energia pode ser paga pelo PIX

NÃO É FAKE: Conta de luz da Equatorial Energia pode ser paga pelo PIX

Os clientes do Grupo Equatorial Energia poderão pagar seus boletos através do PIX. A partir de 20 de setembro, os…
Dona de boate morre em acidente na BR-155

Dona de boate morre em acidente na BR-155

Uma caminhonete com cinco passageiros tombou nesta quinta-feira, 23, na Rodovia BR-155, entre Redenção e Pau D’arco, na região sul…