Correio de Carajás

Parauapebas: Após disparos contra policiais, dupla é presa e reconhecida por assaltos

Parauapebas: Após disparos contra policiais, dupla é presa e reconhecida por assaltos
Na delegacia, Kainã e Erllan foram reconhecidos por vítimas de assaltos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Kainã Souza da Silva, de 18 anos, e Erllan Pena Gomes foram autuados em flagrante na manhã de hoje, sexta-feira (25), por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de roubo, em Parauapebas, após serem reconhecidas por vítimas de assaltos. De acordo com a Polícia Militar, na noite de ontem, quinta (24), uma guarnição foi acionada para averiguar denúncia de roubo na Avenida Amsterdam, próximo a uma creche.

Ao chegar no local, os policiais se depararam com três suspeitos e um dos integrantes do trio, ao observar a presença da viatura, efetuou disparos de arma de fogo em direção à guarnição, que revidou os tiros, conforme divulgado pela instituição.

Os três então correram para um terreno abandonado e de lá começaram a pular vários muros, invadindo diferentes quintais. Com apoio de uma equipe do Grupo Tático Operacional (GTO) e uma da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) os policiais detiveram três pessoas.

Leia mais:

Com Kainã, os militares apreenderam um revólver calibre 22, com três munições deflagradas e três intactas, próximo à Avenida A. Ouvido pelo Correio de Carajás, ele negou participação nos crimes. “Eu não estava roubando, estava bebendo desde cedo, eu e mais dois amigos meus desde umas 6 horas. Umas 9 ou 10 apareceu o Erllan. Ele saiu, voltou de novo e foi a hora que saí pra buscar a menina que eu ia ficar com ela”, contou.

Ele diz ter ficado na casa da garota até que os policiais chegaram e o acordaram. Negou, ainda, que estava armado e afirmou não saber de quem é o revólver apreendido. “Não faço assalto, não, tô concluindo ainda, terminando de estudar, terminando o Ensino Médio”, diz, confirmando já ter tido passagens criminais, mas “só quando era menor”. Erllan preferiu não se manifestar.

Vítimas de assalto estiveram na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil nesta manhã, onde fizeram o reconhecimento da dupla. O terceiro suspeito encaminhado à delegacia não foi reconhecido e, consequentemente, recebeu liberação. A dupla presa será encaminhada para a Carceragem do Rio Verde, onde aguardará posicionamento judicial sobre o caso. (Luciana Marschall e Ronaldo Modesto)

Mais

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Acusado de homicídio e mais um são baleados em Parauapebas

Ronaldo Oliveira Melo, conhecido como De Menor, e Antônio Carvalho de Souza estão internados no Hospital Municipal de Parauapebas após…
Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Em Eldorado, homem morre com golpes de faca no pescoço

Um homem foi morto na Rua 2, no centro de Eldorado do Carajás, na noite deste sábado (8). Lucas da…
Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Foi buscar mulher na festa e acabou assassinado

Morreu aos 19 anos de idade o jovem Weliton de Lima Souza. A Polícia Civil de Goianésia do Pará identificou…
Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Polícia do MA pega suspeito de homicídio em Rondon

Durante toda esta sexta-feira (7), o delegado Thiago Santos, de Rondon do Pará, esteve apurando uma situação que ocorreu em…
Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Homem é preso vendendo baterias de R$ 16 mil por R$ 700

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (7) ao ser flagrado negociando três baterias furtadas na mineradora Vale. A…
Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

Homem é esfaqueado em via pública no Vale do Itacaiunas

O pedreiro Gerson da Silva Santos, 29 anos, foi morto com seis perfurações de arma branca, sendo cinco na região…