Correio de Carajás

Pará está há mais de seis meses sem registrar roubos a bancos

Foto: Ag. Pará

SEGURANÇA PÚBLICA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Há mais de seis meses o Pará não registra ocorrências de roubo na modalidade conhecida como vapor/novo cangaço, de acordo com dados divulgados pela Secretária de Segurança Pública e Defesa Social do Pará. De janeiro a junho deste ano, nenhum crime (nesta modalidade) foi computado quando comparado com o mesmo período do ano de 2020, onde dois casos foram registrados. O número representam uma redução de 100% do crime.

“Estamos neste ano de 2021, sem apresentar um caso de roubo a banco na modalidade novo cangaço ou vapor, que é aquela em que os criminosos dominam as cidades, atacam instituições, inclusive utilizando explosivos. Isso representa uma redução de 100% em relação aos anos anteriores, tendo em vista, uma grande estrutura que foi montada, como a implantação de uma delegacia especializada para combater esse tipo de criminalidade”, destacou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado.

Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Foco nas investigações, investimento na inteligência e na estruturação da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antissequestro são alguns dos fatores principais para coibir esse tipo de crime. A desarticulação antecipada das ações criminosas e mandados de prisão previamente expedidos para prender integrantes de quadrilhas organizadas estão entre as medidas que a segurança pública vem utilizando para o combater esse tipo de modalidade criminal.

Leia mais:

“O trabalho preventivo de inteligência é o nosso foco. O último caso ocorrido foi no final do ano de 2020. Esse resultado é fruto da nossa estratégia voltada nas investigações e na inteligência, inclusive, desarticulando e antecipando as empreitadas criminosas que o crime organizado pretendia desenvolver na nossa região”, ressaltou Ualame Machado.

Foto: Kleberson Santos / Ag. Pará

Novo cangaço/Vapor

Esse tipo de crime que é caracterizado pela violência das quadrilhas quando chegam a uma cidade, dominando a população e atacando instituições. O termo foi usado no Estado no início da década de 2000, mas a forma de atuação também é comum no Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Foto: Marcelo Seabra / Ag. Pará

No início do mês de julho deste ano, integrantes de uma quadrilha que planejavam roubos a instituições bancarias, na região rural de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará foram presos. A ação foi desencadeada após dois meses de investigação, com a identificação e localização de um sítio na zona rural, onde o grupo criminoso se reunia para planejar as ações,  que seriam executadas nas próximas semanas em municípios da região sul do Pará.

(Agência Pará)

Comentários

Mais

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

PM é baleado durante briga em festa de aniversário

Um policial militar foi baleado durante uma briga generalizada numa festa de aniversário. O incidente ocorreu na terça-feira, 27, na…
Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

Número de garimpos fechados sobe para 13 em Ourilândia do Norte

A Polícia Federal atualizou na tarde desta quarta (28) os resultados da “Operação 1200”, desencadeada pela manhã em Ourilândia do…
PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

PRF prende duas pessoas por porte ilegal de arma em rodovias de Marabá

Nos dois últimos dias a Polícia Rodoviária Federal prendeu duas pessoas por porte ilegal de armas de fogo na cidade…
Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Polícia prende estelionatária suspeita de desviar mais de R$ 10 milhões em golpes no Pará

Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu uma mulher apontada como uma das maiores estelionatárias do estado na manhã…
Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Dupla de funcionários é presa por aplicar golpe em empresa

Foram autuados por furto Weverton Vitorino Souza e Janielson Bomfim de Carvalho após crime verificado na empresa onde ambos trabalham,…
PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

PF fecha 6 garimpos de ouro e encontra trabalhadores em situação degradante

A Polícia Federal em Redenção deflagrou nesta quarta-feira (28) a “Operação 1200” de combate a crimes ambientais, extração ilegal de…