Correio de Carajás

Pandemia: Hospital Regional de Marabá recebe doação de equipamentos do Vaticano

Respirador e medidor de temperatura foram entregues à unidade para auxiliar no combate ao novo coronavírus/ Fotos: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã desta terça-feira (12/1), o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá (PA), recebeu oficialmente dois equipamentos doados pelo Papa Francisco e Vaticano, como parte da maior operação italiana de ajuda humanitária no Brasil pela luta contra a Covid-19.

Um respirador pulmonar e um medidor de temperatura, que irão reforçar o atendimento aos pacientes graves no interior do Pará, foram entregues por Dom Vital Corbellini, bispo da Diocese de Marabá, que também visitou algumas alas da unidade abençoando os enfermos e profissionais de saúde, em memória ao Dia Nacional do Enfermo, celebrado na próxima quinta-feira (14/1). “Os equipamentos do Papa estão à vossa disposição. Façam boa utilização em favor dos doentes da Covid-19, salvando vidas, com a graça do Senhor”, ressaltou o bispo.

A ação integra a missão humanitária do Vaticano dedicada à entrega de equipamentos aos hospitais religiosos de diferentes países, visando auxiliar no tratamento e na cura de pacientes contaminados pelo coronavírus. Atualmente, o Brasil é o terceiro país no mundo em número de casos da doença, com mais de oito milhões de infectados.

Leia mais:

HRSP recebe equipamentos do Vaticano para auxiliar no combate a pandemia da Covid-19

O HRSP presta atendimento 100% gratuito e é referência no tratamento de casos graves da Covid-19 para 22 municípios da região. A unidade conta com 115 leitos, dos quais 25 são exclusivos para atendimento aos casos da doença, que estão divididos em 20 leitos de UTI Adulto, 1 leito de UTI Pediátrica e 4 leitos de Enfermaria.

Mantido pelo Estado do Pará, o HRSP é gerenciado pela Pró-Saúde, instituição filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil.

“Esses equipamentos entrarão em funcionamento ainda nesta semana, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto do Regional. A unidade desempenha um papel estratégico no combate à pandemia no interior do Estado, atendendo pacientes graves da Covid-19 de diversos municípios da região sudeste do Pará”, ressalta Valdemir Girato, diretor Hospitalar.

Comentários

Mais

Efeito Olimpíadas? Busca por skate cresce mais de 600% no e-commerce

Efeito Olimpíadas? Busca por skate cresce mais de 600% no e-commerce

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estão mexendo com as emoções dos brasileiros – e com o bolso. Quem diz isso são os…
Frase de Cármen Lúcia de 2018 é tirada de contexto para afirmar que Lula não poderá se candidatar em 2022

Frase de Cármen Lúcia de 2018 é tirada de contexto para afirmar que Lula não poderá se candidatar em 2022

Enganoso Montagem engana ao trazer parte de uma frase dita pela ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Cármen Lúcia, em…
Site engana ao afirmar que Anvisa ‘confessa ineficácia de máscaras’ contra a covid

Site engana ao afirmar que Anvisa ‘confessa ineficácia de máscaras’ contra a covid

Enganoso É enganosa a publicação em um site conservador brasileiro afirmando que “Anvisa confessa ineficácia de máscaras e diz se…
É enganoso o tuíte que acusa Bolsonaro de acabar com o Bolsa Atleta

É enganoso o tuíte que acusa Bolsonaro de acabar com o Bolsa Atleta

Enganoso É enganosa postagem que aponta para o fim do programa Bolsa Atleta no governo Bolsonaro em 2020. No ano…
Legislação contra violência doméstica fica mais dura para agressores

Legislação contra violência doméstica fica mais dura para agressores

O Diário Oficial da União traz hoje (29) a Lei 14.188/2021, que prevê que agressores sejam afastados imediatamente do lar ou do local de convivência com a mulher em casos de risco…
Anvisa alerta sobre casos raros de Guillain-Barré após vacinação

Anvisa alerta sobre casos raros de Guillain-Barré após vacinação

Casos raros de síndrome de Guillain-Barré (SGB) após a vacinação contra covid-19 têm sido relatados em diversos países, inclusive no…