Correio de Carajás

Pai Presente registra 3,7 mil atendimentos

Imagem reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais de 3.700 atendimentos referentes ao projeto Pai Presente foram realizados, nos últimos 7 anos, segundo relatório divulgado pela Casa de Justiça e Cidadania (CJC) do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA). Criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o projeto se dedica à efetivação do reconhecimento voluntário de paternidade.

Os serviços vão além dos muros da Casa da Justiça e Cidadania e são realizados também em presídios, no interior, e até mesmo em outros Estados. Só no ano passado, 147 pais procuraram a CJC para reconhecer seus filhos. Nas carceragens do Estado, houve 85 atendimentos; no interior do Pará, foram 13 atendimentos; e fora do Estado, foram 3. 

Do total de 3.741 atendimentos realizados entre 2011 e janeiro de 2019, exatos 2.367 foram de reconhecimento de paternidade, 394 deles nas carceragens, 46 no interior e 9 em outros Estados. Além disso, foram colhidos materiais para 411 exames de DNA e houve o registro de 514 pessoas no Cadastro de Exame de DNA. 

Leia mais:

Segundo a coordenadora da CJC, juíza Antonieta Mileo, o número expressivo de reconhecimento de paternidade registrado desde 2011 reflete justamente a facilidade na busca desse serviço do Judiciário, realizado de forma imediata e oferecido todos os dias. 

“Esse serviço é oferecido diariamente à população, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. O pai pode reconhecer espontaneamente a paternidade ou participar do programa de DNA gratuito, caso haja dúvida. Todo o procedimento é feito de forma gratuita e consensual, sem o ajuizamento da ação e sem a delonga de um processo judicial. Isso mostra que tudo pode ser resolvido por meio do diálogo, ou seja, através do tratamento adequado para esse conflito”, ressaltou a juíza. 

CEJUSC – Um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) também funciona dentro da CJC e disponibiliza atendimentos pré-processuais aos interessados na área cível, tais como: alimentos, reconhecimento e dissolução de união estável, divórcio consensual, guarda, regulamentação de visitas, cobrança de dívida de qualquer natureza, despejo, dissolução de sociedade, renovatória de locação, revisional de aluguel. 

Em 2018, o Cejusc da CJC registrou 492 acordos homologados, 950 atendimentos diversos e 182 casamentos comunitários. “É uma forma de evitar a judicialização e resolver a pendência dos jurisdicionados de uma forma mais rápida e mais eficiente”, destacou a juíza Antonieta Mileo, coordenadora da mediação e conciliação do TJPA.

(Divulgação)

Mais

DMTU esclarece suposta “casinha” feita por agente de trânsito

DMTU esclarece suposta “casinha” feita por agente de trânsito

Desde o final da noite de quarta-feira (5), o nome do agente de trânsito Etervan Ferreira Sousa está circulando em…
Sespa divulga orientações sanitárias para o Dia das Mães, com base em protocolos sanitários

Sespa divulga orientações sanitárias para o Dia das Mães, com base em protocolos sanitários

Para reduzir os riscos de propagação da Covid-19 durante as celebrações pelo Dia das Mães, a Secretaria de Estado de…
ONU pede investigação imparcial sobre operação no Jacarezinho

ONU pede investigação imparcial sobre operação no Jacarezinho

O Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos, com sede em Genebra, na Suíça, pediu hoje…
Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

As mortes por covid-19 no Brasil têm apresentado uma leve tendência de queda, segundo dados do Boletim Epidemiológico do Ministério…
Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Tentativa de furto aos Correios da Folha 33 termina com menor baleado

Na semana em que a Polícia Federal desmantelou uma quadrilha que arrombava agências dos Correios do sul, sudeste do Pará…
Novo presidente da Eletrobras defende capitalização da empresa

Novo presidente da Eletrobras defende capitalização da empresa

Em sua cerimônia de posse, o novo presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, disse hoje (7) que vai dar sequência às ações já em implementação previstas no plano estratégico e…