Correio de Carajás

Órgãos acompanham cumprimento de compromissos do Brasil por assassinatos no campo

Caso do assassinato do sindicalista Dezinho foi o principal tema abordado nas reuniões (foto: ascom MPF/PA)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Representantes do Ministério dos Direitos Humanos (MDH), da Advocacia-Geral da União (AGU), da Ouvidoria Agrária Nacional e do Ministério Público Federal (MPF) estão concluindo um levantamento feito durante esta semana no Pará sobre o andamento do cumprimento dos compromissos assumidos pelo Brasil perante a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) por assassinatos de trabalhadores rurais no estado.

O principal caso analisado é o do assassinato do presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Rondon do Pará José Dutra da Costa, o Dezinho, em 2000. O massacre de 19 trabalhadores em Eldorado dos Carajás, em 1996, foi o outro caso abordado.

Esses casos levaram o Brasil a assumir, perante a CIDH, compromissos como os de promover eficiência nas investigações e punições e de na resolução de conflitos agrários.

Leia mais:

Os integrantes da comitiva estiveram no início da semana em Marabá e Rondon do Pará, no sudeste do estado, e desde esta quinta-feira (23) estão participando de reuniões em Belém. Os trabalhos estão previstos para serem encerrados nesta sexta-feira.

Pelo MDH participam da comitiva a representante da Assessoria de Assuntos Internacionais do ministério e titular da Coordenação do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, Juliana Rodrigues, o assessor da Assessoria de Assuntos Internacionais Dênis Rodrigues, o mediador de conflitos agrários da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, Aílson Machado, e a consultora jurídica do ministério Herta Rani Teles Santos.

A AGU é representada na comitiva pela integrante do Departamento Internacional da instituição Taiz Marrao Batista da Costa, a Ouvidoria Agrária Nacional é representada por Benício Ferreira, e o MPF é representado pelo procurador da República Felipe de Moura Palha, que atua a pedido da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC). (Divulgação MPF)

Comentários

Mais

Parauapebas: Shopping doa terreno para construção de nova rodoviária

Parauapebas: Shopping doa terreno para construção de nova rodoviária

Uma cerimônia realizada nesta quarta-feira (23) em uma das salas do cinema que funciona no Partage Shopping, em Parauapebas, anunciou…
Lote com seis mil litros de IFA chega ao Instituto Butantan neste sábado

Lote com seis mil litros de IFA chega ao Instituto Butantan neste sábado

Nesta quarta-feira, 23, o governo de São Paulo informou, que no sábado, 26, o Instituto Butantan receberá um lote com…
DMTU: Rede de Proteção às Mulheres e Departamento de Trânsito discutem ações contra assédio no transporte público

DMTU: Rede de Proteção às Mulheres e Departamento de Trânsito discutem ações contra assédio no transporte público

Nesta quarta-feira (23), na sede do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), foi realizada uma reunião com as…
Equatorial Pará divulga nome dos ganhadores finais da promoção Energia em Dia

Equatorial Pará divulga nome dos ganhadores finais da promoção Energia em Dia

A Equatorial Energia Pará divulgou nesta terça-feira, 22, o resultado final desta temporada da promoção Energia em Dia. A campanha…
Relatório da Abin aponta indícios de irregularidades na fortuna de Luciano Hang, diz jornal

Relatório da Abin aponta indícios de irregularidades na fortuna de Luciano Hang, diz jornal

RIO — A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) produziu, em julho de 2020,  relatório que indicava problemas e inconsistências na…
Governo Federal vai fazer consulta pública para leiloar aeroportos no Pará, diz ministro

Governo Federal vai fazer consulta pública para leiloar aeroportos no Pará, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, divulgou na última terça-feira, 22, que o governo federal deve abrir, no…