Correio de Carajás

Operação Carajás realiza 13 prisões em uma semana

Treze prisões, sendo oito em flagrante e cinco cumprimentos de mandados judiciais, foram efetuadas em uma semana de Operação Carajás desencadeada em Parauapebas, Curionópolis e Canaã dos Carajás. Os resultados apontam, ainda, a apreensão de oito carros, 83 motocicletas e duas armas de fogo, além da fiscalização de mais de 90 estabelecimentos e notificação de cinco deles por irregularidades.
A ação foi deflagrada no dia 18 e seguiu até o dia 25, véspera do feriadão de Carnaval, contando com forças da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e da Secretaria Municipal de Segurança Institucional. O objetivo era reforçar ações preventivas e repressivas na região, onde os índices de criminalidade sofreram aumento em janeiro, além de inibir ações criminosas e capturar indiciados foragidos do sistema penitenciário.
“Os resultados já obtidos nessa fase de execução do plano tático-operacional demonstram a importância do mapeamento e planejamento realizado de forma integrada pelos órgãos que compõe a segurança pública. Outras ações serão realizadas para dar continuidade ao combate a todos os tipos de crimes, de acordo com a demanda identificada, e garantindo a segurança e paz da população que reside nessa região”, afirma Ualame Machado, secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social.
A operação foi realizada a partir de mutirão para atendimentos represados de casos de violência doméstica, bloqueios de trânsito, fiscalização de veículos e saturação com policiais em áreas consideradas críticas em horários previamente definidos, que resultou nas prisões e apreensões. (Com informações de Agência Pará)

Comentários