Correio de Carajás

Operação Araneo: Preso em Marabá poderia estar planejando crimes

Samuel foi preso em Marabá, mas respondia a pelo menos três crimes na cidade de Xinguara / Foto: Divulgação
Samuel foi preso em Marabá, mas respondia a pelo menos três crimes na cidade de Xinguara / Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Esta semana, Polícia Civil de Marabá cumpriu ação policial no contexto da “Operação Araneo”, que visa cumprir sistematicamente mandados de prisão em aberto, capturando-se assim pessoas foragidas procuradas pela Justiça. A ação policial resultou na prisão de Samuel Bulhões Sobrinho. Agora a Polícia Civil quer saber o que ele andava fazendo em Marabá, segundo informou o delegado Thiago Carneiro Rodrigues, superintendente regional de Polícia Civil.

De acordo com o delegado, o foragido era procurado por associação criminosa (formação de quadrilha), roubo majorado (assalto a mão armada) e porte ilegal de arma de fogo, conforme mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário de Xinguara, no sudeste do Pará.

Delegado Thiago observa que, mesmo durante este período de pandemia, a Polícia Civil não deixa de exercer seu mister, que é a atividade de investigação. Nesse contexto, o Núcleo de Apoio a Investigação (NAI) de Marabá repassou informações que ajudaram no cumprimento da preventiva de Samuel, que foi flagrado na Velha Marabá.

Leia mais:
Delegado Thiago: “Polícia Civil não deixa de exercer seu mister” / Foto: Josseli Carvalho

Ainda de acordo com o policial, o preso foi transferido imediatamente para o sistema penitenciário de Marabá, mas o trabalho da Polícia Civil referente a ele não acabou. “As investigações da Polícia Civil continuam para saber se ele (Samuel Sobrinho) pertence a algum tipo de organização criminosa e o que estaria fazendo em Marabá”, disse o delegado, acrescentando que esta prisão é mais uma entre as dezenas realizadas neste ano de 2020 pela Polícia Civil.

A nomenclatura da operação (Araneo), segundo explicou o delegado, é uma alusão a uma teia imaginária criada sobre a sociedade com objetivo de protegê-la e capturar pessoas nocivas, trazendo assim tranquilidade social. (Chagas Filho – Com informações de Josseli Carvalho)

ENTRE ASPAS

“As investigações da Polícia Civil continuam para saber se ele (Samuel Sobrinho) pertence a algum tipo de organização criminosa e o que estaria fazendo em Marabá”, diz o Delegado Thiago Carneiro, Polícia Civil.

Comentários

Mais

MJ estabelece normas para visitas íntimas nas penitenciárias do país

MJ estabelece normas para visitas íntimas nas penitenciárias do país

Uma resolução do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), publicada no Diário Oficial da União  desta quinta-feira (2), estabelece normas para as visitas…
PM e empresários definem policiamento no comércio de Marabá

PM e empresários definem policiamento no comércio de Marabá

Nesta sexta-feira (3) tem início oficial a “Operação Boas Festas 2021”, que vai se estender durante todo este mês de…
Mulher se passa por compradora e furta moto na hora de dar “uma voltinha”

Mulher se passa por compradora e furta moto na hora de dar “uma voltinha”

Um homem, que não quis se identificar, teve sua moto furtada na última segunda-feira (29), por volta das 14h30, na…
Mulher é ameaçada de morte, outra ferida com machado e a terceira trancada fora de casa

Mulher é ameaçada de morte, outra ferida com machado e a terceira trancada fora de casa

A semana mal começou e em Marabá já foram registrados três casos de violência doméstica em dois dias, o primeiro…
Quinze presos são transferidos do Pará para unidades de segurança máxima de outros estados

Quinze presos são transferidos do Pará para unidades de segurança máxima de outros estados

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) transferiu nesta terça-feira (30) para unidades de segurança máxima do Sistema Penitenciário…
Polícia encontra carro que atropelou Mayquinho e motorista se apresenta minutos depois na Delegacia

Polícia encontra carro que atropelou Mayquinho e motorista se apresenta minutos depois na Delegacia

Alisson Henrique Ferreira Braz se entregou à polícia no início da noite desta terça-feira (30) após seu carro, um Chevrolet…