Correio de Carajás

Ocupante de veículo presencia assalto e baleia foragido do Crama

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Elisvandro Santana Ramos foi encaminhado ao Hospital Municipal de Marabá (HMM), na noite de ontem, segunda-feira (25), após ser alvejado na perna por uma pessoa não identificada. Ele cometia um assalto no Núcleo Cidade Nova, junto de Cleyton Gonçalves, quando ocorreu o disparo de arma de fogo.

Ambos estão presos e chegaram a atirar contra uma das vítimas, mas não a atingiram. Pulando o muro, os dois fugiram do regime semiaberto do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama) para assaltarem. A intenção, segundo confirmou Cleyton, era retornar para a casa penal na madrugada, em posse dos produtos roubados.

Cleyton Gonçalves confessou que pulou o muro do Crama para assaltar

“Eles começaram a fazer assaltos no Conjunto Itacaiunas, aí foram fazendo perto da Boa Esperança e por último na Alfredo Monção. Neste último assalto, uma pessoa passou em um veículo, presenciou e estava armada. Sacou a arma e atirou em direção a eles, atingindo o piloto. A moto caiu e o carona desceu e saiu correndo”, informou o sargento Assis, da Polícia Militar.

Leia mais:

Como haviam feito várias vítimas, a Polícia Militar já havia sido acionada e procurava pelos assaltantes. “Nesse momento, havia várias viaturas fazendo o cerco e conseguimos capturar eles. Depois, procurando, encontramos cinco celulares que eles tinham roubado e a arma de fogo”.

Uma das vítimas relatou ao Correio de Carajás como foi atacada. “Eu tinha acabado de chegar do trabalho e os dois se aproximaram em uma Bros, desceram da moto, um deles armado. Só entreguei o celular e ele perguntou se eu estava com a chave da minha moto, mas eu disse que a moto não era minha”.

Elisvandro Santana Ramos foi alvejado na perna e acabou no hospital

Em seguida, a vítima, que por segurança preferiu não ter o nome divulgado, pegou o veículo e passou a seguir a dupla. “Ainda vi eles assaltando mais uma mulher. Um pouco mais pra frente ele pulou da moto, tentei voltar e ele deu dois tiros, sorte que não acertou. Aí eu não sei mais o que aconteceu porque eu saí de perto depois que ele atirou”.

Ouvido pela Reportagem, Cleyton afirmou que ele e o comparsa realizaram quatro assaltos. “Fugi hoje do Crama e ia voltar, não recebo visita e nem nada, sou de Tucuruí. Foi o jeito”, alegou. Questionado sobre o parceiro, ele não quis comentar. “Se eu for falar por ele vou perder minha vida na cadeia”, sustentou, acrescentando que já cumpre pena por roubo.

Os dois foram autuados em flagrante na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil e irão retornar para o Crama. (Luciana Marschall – com informações de Josseli Carvalho)

Mais

Assaltante de banco foragido de Goiás é preso em Conceição do Araguaia

Assaltante de banco foragido de Goiás é preso em Conceição do Araguaia

Um homem acusado de envolvimento em assaltos de agências bancárias no Estado de Goiás foi preso pela Polícia Civil na…
Mulher é acusada de exercer advocacia ilegalmente

Mulher é acusada de exercer advocacia ilegalmente

Uma mulher foi detida em Conceição do Araguaia, no sul do Pará, acusada de exercer ilegalmente a advocacia. O fato…
Assaltante atuante em três municípios é preso

Assaltante atuante em três municípios é preso

Foi preso Marcos Ferreira Farias, de 19 anos, em um posto policial da Rodovia PA-275, no município de Eldorado do…
Mãe quer solução para morte do filho

Mãe quer solução para morte do filho

  Foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, nesta segunda-feira (17), o corpo de Marcos André Sousa Cardoso,…
Ocupantes de carro que capotou estavam embriagados

Ocupantes de carro que capotou estavam embriagados

Uma das ocupantes do veículo Volkswagen Gol que caiu da ponte do Rio Tocantins, em Marabá, neste final de semana,…
Corpo pode ser de jovem forçada a gravar “confissão”

Corpo pode ser de jovem forçada a gravar “confissão”

Um corpo não identificado foi encontrado às margens de um córrego no Jardim Liberdade, loteamento do município de Tailândia. Pela…