Correio de Carajás

Novo presidente do Sindecomar promete lutar para resgatar direitos perdidos

Márcio de Jesus vai precisar operar milagre para resgatar a boa imagem que o Sindecomar tinha entre seus associados
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Eleito presidente do Sindecomar (Sindicato dos Empregados no Comércio do Município de Marabá) no dia 11 de fevereiro, Márcio Alves de Jesus, 42 anos, assumiu a entidade com a missão de resgatar a imagem da instituição e reconquistar os trabalhadores do comércio. Nesta quinta-feira, 25, ele esteve na Redação do Portal CORREIO DE CARAJÁS, onde conversou a Reportagem sobre os planos para a entidade.

Natural de Rondon do Pará, mas residindo em Marabá há 16 anos, Márcio já trabalhou em diversas lojas do comércio no ramo de móveis, tendo seu último emprego como repositor de estoque de uma rede de supermercados da cidade. Sem experiências anteriores com sindicatos, mas com conhecimentos básicos sobre a legislação trabalhista, ele afirma que está preparado para a função e diz que sua gestão vai trabalhar para que os comerciários possam sentir, novamente, confiança no trabalho executado pelo Sindecomar.

“A gestão anterior tirou os direitos dos trabalhadores do comércio. Praticamente, o patronal estava tomando de conta do nosso sindicato e até a data do Dia do Comerciário foi jogada para outra data que, inclusive, já é feriado”, verbaliza Márcio, que citou outros exemplos, como: a retirada de 150% da hora extra trabalhada no feriado; anuênio que passou de 2% para 1% e a carência de 150 dias após o retorno da licença maternidade.

Leia mais:

Vale ressaltar que as retiradas desses direitos foram negociadas com o patronal, ou seja, com os proprietários das empresas do comércio por meio de seu sindicato. Então, para reavê-los, é necessário que sejam feitas novas negociações para os trabalhadores sejam beneficiados.

De acordo com informações repassadas anteriormente ao CORREIO DE CARAJÁS pela Junta Governativa, a receita mensal do sindicato gira em torno de R$ 60mil. Questionado sobre como pretende manter o caixa equilibrado, o presidente eleito afirma que ainda não foi feito um levantamento dos valores em caixa, já que as contas bancárias estão bloqueadas por medidas judiciais.

“Não sabemos o real valor que existe. Apresentamos todas as documentações à justiça e estamos esperando a liberação dessas contas, para poder quitar as essas dívidas existentes, que se acumulam. Provavelmente, a partir de segunda-feira isso já deve acontecer”, prevê.

O Sindecomar, atualmente, segundo seu presidente, conta com cerca de 600 sindicalizados cadastrados e pretende aumentar esse número, já que o comércio de Marabá possui expressivo número de colaboradores atuantes. “Queremos colocar o clube para funcionar, que as pessoas levem suas famílias para passar o dia, se divertir. Pretendemos trazer esse trabalhador para perto novamente”, afirma.

Uma convenção coletiva está agendada para o mês de maio, na qual o Sindecomar irá se reunir com o patronal para discutir melhorias para os trabalhadores do comércio de Marabá. (Ulisses Pompeu e Ana Mangas)

Comentários

Mais

Sarau na Câmara celebra múltiplas linguagens artísticas de Marabá

Sarau na Câmara celebra múltiplas linguagens artísticas de Marabá

Na noite desta terça-feira, dia 30 de novembro, a Escola do Legislativo de Marabá (Elmar) realizou o 6º Sarau Líteromusical,…
Pará registra 610.087 casos e 16.928 mortes por Covid-19

Pará registra 610.087 casos e 16.928 mortes por Covid-19

O Pará contabilizou mais 695 casos de Covid-19 e 16 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia

Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia

O ator Alec Baldwin declarou em entrevista para TV que não puxou o gatilho da arma que matou a diretora de fotografia Halyna…
MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quarta-feira (1º) o edital com o cronograma e os procedimentos para participação das mantenedoras de…
HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

No Brasil, 694 mil pessoas estão em tratamento contra o HIV. Apenas neste ano, 45 mil novos pacientes iniciaram a…
Covid-19: OMS aponta baixa cobertura vacinal e testes insuficientes

Covid-19: OMS aponta baixa cobertura vacinal e testes insuficientes

O mundo enfrenta “uma mistura tóxica” que resulta da baixa cobertura vacinal contra a covid-19 e um nível de testagem…