Correio de Carajás

Novo presidente do Sindecomar promete lutar para resgatar direitos perdidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Eleito presidente do Sindecomar (Sindicato dos Empregados no Comércio do Município de Marabá) no dia 11 de fevereiro, Márcio Alves de Jesus, 42 anos, assumiu a entidade com a missão de resgatar a imagem da instituição e reconquistar os trabalhadores do comércio. Nesta quinta-feira, 25, ele esteve na Redação do Portal CORREIO DE CARAJÁS, onde conversou a Reportagem sobre os planos para a entidade.

Natural de Rondon do Pará, mas residindo em Marabá há 16 anos, Márcio já trabalhou em diversas lojas do comércio no ramo de móveis, tendo seu último emprego como repositor de estoque de uma rede de supermercados da cidade. Sem experiências anteriores com sindicatos, mas com conhecimentos básicos sobre a legislação trabalhista, ele afirma que está preparado para a função e diz que sua gestão vai trabalhar para que os comerciários possam sentir, novamente, confiança no trabalho executado pelo Sindecomar.

“A gestão anterior tirou os direitos dos trabalhadores do comércio. Praticamente, o patronal estava tomando de conta do nosso sindicato e até a data do Dia do Comerciário foi jogada para outra data que, inclusive, já é feriado”, verbaliza Márcio, que citou outros exemplos, como: a retirada de 150% da hora extra trabalhada no feriado; anuênio que passou de 2% para 1% e a carência de 150 dias após o retorno da licença maternidade.

Leia mais:

Vale ressaltar que as retiradas desses direitos foram negociadas com o patronal, ou seja, com os proprietários das empresas do comércio por meio de seu sindicato. Então, para reavê-los, é necessário que sejam feitas novas negociações para os trabalhadores sejam beneficiados.

De acordo com informações repassadas anteriormente ao CORREIO DE CARAJÁS pela Junta Governativa, a receita mensal do sindicato gira em torno de R$ 60mil. Questionado sobre como pretende manter o caixa equilibrado, o presidente eleito afirma que ainda não foi feito um levantamento dos valores em caixa, já que as contas bancárias estão bloqueadas por medidas judiciais.

“Não sabemos o real valor que existe. Apresentamos todas as documentações à justiça e estamos esperando a liberação dessas contas, para poder quitar as essas dívidas existentes, que se acumulam. Provavelmente, a partir de segunda-feira isso já deve acontecer”, prevê.

O Sindecomar, atualmente, segundo seu presidente, conta com cerca de 600 sindicalizados cadastrados e pretende aumentar esse número, já que o comércio de Marabá possui expressivo número de colaboradores atuantes. “Queremos colocar o clube para funcionar, que as pessoas levem suas famílias para passar o dia, se divertir. Pretendemos trazer esse trabalhador para perto novamente”, afirma.

Uma convenção coletiva está agendada para o mês de maio, na qual o Sindecomar irá se reunir com o patronal para discutir melhorias para os trabalhadores do comércio de Marabá. (Ulisses Pompeu e Ana Mangas)

Comentários

Mais

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Em isolamento social, as pessoas tendem a sentir falta de sair e do contato com a natureza, por isso, ter…
Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

O mundo chegou neste sábado (17) à triste marca de 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19, em meio à…
Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

Pará gera mais de 3 mil postos formais de trabalho no setor de serviços

“Eu atuo no ramo de eventos, sou segurança, e em meio à pandemia o nosso trabalho parou. Atualmente, a banda…
Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Novo estudo descarta elo entre tipo sanguíneo e a incidência de Covid

Uma investigação feita com mais de 100 mil pessoas nos Estados Unidos demonstrou que não há relação entre o tipo sanguíneo…
Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

Pequeno ouvinte da Correio FM é premiado com bolo de aniversário

O garoto Angelo Miguel, pequeno ouvinte da nossa rádio, foi o grande ganhador da Promoção Aniversariante do Mês da Correio…
Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Coronafobia: transtornos compulsivos e de ansiedade por conta da pandemia

Há um ano que todo o Brasil vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Sentimentos como incerteza e ansiedade…