Correio de Carajás

Nasa: asteroide maior que Torre Eiffel entrará na órbita da Terra este mês

O objeto espacial foi avistado pela primeira vez em 1982 e já foi cogitada a mudança de seu curso anteriormente. (foto: Getty Images)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Rocha gigante foi classificada pela agência norte-americana como "potencialmente perigosa"; objeto mede mais de 150 metros e passará perto do planeta em 11 de dezembro

A Agência Espacial Americana (NASA) avisou que um asteroide com tamanho maior do que a Torre Eiffel vai entrar na órbita da Terra no dia 11 de dezembro. A gigante rocha espacial nomeada de Asteróide 4660 Nereus possui 492 pés de comprimento (aproximadamente 150 metros) e chegará a cerca de 4,6 milhões de milhas (7,4 milhões de quilômetros) da Terra, fator que o coloca como “potencialmente perigoso”.

Apesar disso, a Nasa informou que não há motivos para pânico, uma vez que a rocha gigante não está em rota de colisão com o planeta. A expectativa da agência americana é de que o 4660 Nereus fique a 2,4 milhões de milhas da Terra, distância 10 vezes maior do que a existência entre a Terra e a Lua. As informações são do jornal New York Post.

Conforme os critérios adotados pela Nasa, qualquer coisa que passe a 120 milhões de milhas da Terra é considerado um Objeto Próximo à Terra (NEO). Desta forma, o Asteroide 4660 Nereus está tão próximo quanto os demais que passam pelo planeta.

Leia mais:

O asteroide foi classificado como “potencialmente perigoso” porque, também de acordo com as diretrizes da Nasa, qualquer objeto espacial que atinja 4,65 milhões de milhas será considerado desta forma.

A astrônoma Eleanor Helin avistou uma rocha com dimensões gigantes no espaço em 1982 e esta foi a primeira vez que a 4660 Nereus foi avistada. Ela passa pela Terra com frequência e por conta do seu tamanho – já que uma pequena mudança de trajetória pode significar um desastre terrestre – foi considerada a possibilidade de desviar o curso do objeto.

Para isto seria utilizada a espaçonave Hayabusa em uma ação que envolveria tanto a Nasa quanto a Agência Espacial Japonesa (JAXA). A missão abortada depois que ambas agências optaram pelo Asteroide 25143 Itokawa como parte do Teste de Redirecionamento de Asteroide Duplo.

(Fonte: O Povo)

Comentários

Mais

TRF1 anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas

TRF1 anula autorizações para exploração mineral em terras indígenas

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a nulidade de todas as autorizações para exploração mineral em terras indígenas na região…
Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) publicou no Diário Oficial da União de hoje (26) a resolução que regulamenta a avaliação psicológica…
Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

O papa Francisco pediu, nesta quarta-feira (26/1), para que pais não condenem seus filhos devido à orientação sexual. O apelo…
Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

A Defesa Civil de Marabá tem um novo coordenador, pelo menos por enquanto. O cargo agora está sendo assumido, de…
Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Mais de duas centenas de famílias estão desabrigadas em decorrência da elevação do nível do Rio Tocantins no município de…
Garoto de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

Garoto de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

O que você faria se seu filho de 2 anos pegasse seu celular e fizesse um gasto alto em móveis?…