Correio de Carajás

Mutirão para RG deve adiantar mais de 3000 agendamentos em Marabá

IDENTIDADE

Atendimento está centralizado na quadra da escola Anísio Teixeira/ Fotos: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A notícia de uma ação ao longo desta última semana para emissão de cédulas de identidade, o RG, levou milhares de pessoas à procura do atendimento em Marabá. A razão é bem simples: pelo agendamento convencional o sistema da Polícia Civil já está jogando os interessados para 2023. Este sábado, dia 9, é o último dia desse mutirão, que segundo às autoridades, vai dar um bom distensionamento na fila de espera pelo documento. O local que abriga a ação é a Escola Anísio Teixeira, localizada na Avenida Nagib Mutran, núcleo Cidade Nova.

A ação ocorre pelo Governo do Estado do Pará, por meio da diretoria de identificação da Polícia Civil, em parceria com prefeitura de Marabá.

Sabendo disso, a equipe de reportagem do Correio de Carajás, esteve no local para ver como está a execução desse processo. Conversando com Deivison Miranda, papiloscopista da Polícia Civil, ele explica que essa ação foi elaborada para que haja um descongestionamento para emitir o RG, assim agilizando as pessoas que estavam agendadas até o mês de fevereiro de 2022.

Leia mais:
Do lado de fora, pequena aglomeração de quem não conseguiu senhas

Ele também informa que as estimativas de atendimento de todos os dias, “os atendimentos por dia giraram na casa das 500 emissões de carteiras e, e no final desses seis dias de operação, a nossa projeção é de que possamos ter emitido pelo menos 3 mil carteiras”.

Um dos populares que procurou atendimento, Egnaldo Fernandes da Silva, disse ao Jornal que esperava a ação um pouco mais organizada. “Rapaz, ficou um pouco desorganizado porque colocaram duas filas, uma para o pessoal que estava agendado para 2022 e outra para que não estava agendado, na hora de entregar as fichas informaram errado para nós e foi aí que desorganizou tudo, mas depois eles conseguiram organizar direitinho”. Ele relatou também que houve uma grande espera para conseguir ser atendido, “eu cheguei aqui era 06h20 da manhã e já tinha muita gente na fila, que estava dando volta e só agora 10h30 que eu fui atendido e estou só esperando meu RG ficar pronto”.

Porém, algumas pessoas que estavam na fila não conseguiram ser atendidas, que foi o caso de Josiete Pinto Viana, que conversou com nossa equipe, informando estar desde das 7 horas do dia 7 e não conseguindo entrar para tirar a identidade: “Estou aqui na fila e não consegui entrar para fazer a minha identidade por causa dos agendamentos, eles deram as senhas e acabou’’. (Henrique Garcia)

Comentários

Mais

CTA realiza “Dia D” no combate à AIDS em Parauapebas

CTA realiza “Dia D” no combate à AIDS em Parauapebas

Uma ação nomeada como “Dia D” pelo Centro de Testagem e Aconselhamento de Parauapebas (CTA) foi realizada na manhã desta…
No Dia Mundial de Combate à Aids, papa pede solidariedade a vítimas

No Dia Mundial de Combate à Aids, papa pede solidariedade a vítimas

 O papa Francisco pediu nesta quarta-feira (1º) mais solidariedade com aqueles que sofrem com o vírus HIV, para garantir os…
Confira quem tem direito à tarifa social de energia elétrica com as novas regras

Confira quem tem direito à tarifa social de energia elétrica com as novas regras

O brasileiro poderá ter um desconto na conta de luz de 100% graças a um projeto de lei que prevê…
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário

Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário

Trabalhadores nascidos em dezembro têm, de hoje (1º) até 31 de dezembro, para aderir ao saque-aniversário do Fundo de Garantia…
São Paulo confirma terceiro caso da variante ômicron no Brasil

São Paulo confirma terceiro caso da variante ômicron no Brasil

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo confirmou nesta quarta-feira (1°) o terceiro caso da variante Ômicron no…
Vacinas devem proteger infectados por variante Ômicron, diz secretário

Vacinas devem proteger infectados por variante Ômicron, diz secretário

O secretário de Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, disse, nesta quarta-feira (1º),que é possível que as vacinas sejam menos…