Correio de Carajás

Multas de trânsito por câmeras de segurança dividem opiniões

Centro de Controle Operacional (CCO) passará a ser usado para aplicar multas de trânsito (Imagem: Felipe Borges / Ascom PMP)

FISCALIZAÇÃO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nova determinação do DMTT de Parauapebas passou a valer nesta semana

A administração pública de Parauapebas anunciou que desde quarta-feira (1) multas de trânsito por infrações identificadas pelas câmeras do Centro de Controle e Operações (CCO), sistema de videomonitoramente do município, estão sendo emitidas. O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) realiza as autuações.

Em meio à determinação, as vozes nas ruas da cidade – agora mais monitoradas do que nunca – têm diferentes opiniões sobre a nova forma de monitoramento, que identificou 1.780 infrações via CCO apenas no mês de agosto, quando a ação foi testada.

O Portal Correio de Carajás entrevistou a população para saber se a medida é eficaz para aumentar a prudência no trânsito ou se serve mesmo é para aumentar as receitas públicas da Capital do Minério.

Leia mais:

Kyuca Torres, administradora e moradora do Bairro União, acredita que a medida terá um efeito prático, diminuindo a irresponsabilidade dos condutores – especialmente os motoqueiros.

Kyuca Torres achou nova medida de trânsito positiva para aumentar responsabilidade dos condutores (Imagem: Juliano Corrêa)

“Temos acompanhado os noticiários e visto muitos acidentes por imprudência, mesmo com bastante fiscalização e sinalização. Mesmo assim, principalmente aqueles que estão de moto, tem infringido essa regularização, e eu acredito que a medida é positiva porque vai levar os condutores a ter mais comprometimento e responsabilidade com as regras de trânsito”, disse Kyuca.

Domingos Reis é contra o uso de imagens da CCO para aplicação de multas (Imagem: Juliano Corrêa)

Domingos Reis, por outro lado, vê a medida com maus olhos e até declara que o trânsito fica pior com multas podendo ser aplicadas via imagens do CCO. “Primeiro, eu acho que ao ser multado, o condutor tem que ser abordado, para saber que está tendo uma atitude errada. Acredito que vai prejudicar muita gente, que será multada injustamente”, disse o eletromecânico, morador do Bairro Liberdade.

Lucas Silva Lima vê lado positivo e negativo de nova medida de trânsito em Parauapebas (Imagem: Juliano Corrêa)

Lucas Silva Lima, por sua vez, tem uma opinião dividida, acreditando que há certos locais de Parauapebas onde a medida é viável, outros não. O autônomo morador da Palmares I diz que “as câmeras de monitoramento são muito boas contra crimes de trânsito, como furtos. Mas por exemplo, mesmo que a lei proíba conduzir de chinelo…. é algo chato, né? É o certo, mas fica chato”. O trânsito vai melhorar com esta medida? Em breve saberemos. (Juliano Corrêa)

Comentários

Mais

Pará recebe mais 190.710 mil doses de Pfizer nesta terça-feira (28)

Pará recebe mais 190.710 mil doses de Pfizer nesta terça-feira (28)

O Pará recebeu na madrugada desta terça (28) a 91ª remessa de vacinas contra a Covid-19 enviada pelo Ministério da…
Assembleia: Encerrada com sucesso a 3ª edição do Forma Alepa

Assembleia: Encerrada com sucesso a 3ª edição do Forma Alepa

Com o compromisso de promover o conhecimento e a capacitação de prefeitos, vereadores e servidores públicos, a Escola do Legislativo,…
AfroMundi prega esperança em tempos de pandemia

AfroMundi prega esperança em tempos de pandemia

“Em uma Amazônia que já está tossindo rios voadores de cinzas e gases de carbono, a esperança e a utopia…
Maçonaria inicia membros e reinaugura templo reformado

Maçonaria inicia membros e reinaugura templo reformado

A Loja Firmeza e Humanidade Marabaense nº 6 iniciou nove membros na Maçonaria no último dia 25 de setembro. A…
Mulheres vítimas de violência recebem cestas básicas

Mulheres vítimas de violência recebem cestas básicas

Mulheres vítimas de violência doméstica, atendidas pela Patrulha Maria da Penha, que garante o cumprimento de medidas protetivas de distanciamento…
Mais de 300 processos agrários envolvem a Serra das Andorinhas

Mais de 300 processos agrários envolvem a Serra das Andorinhas

As indenizações de cerca de 400 pessoas que alegam não ter sido contempladas com a criação do Parque Estadual da…