Correio de Carajás

Mulheres voltam a protestar e clamam por visita a presos

Com cartazes e palavras de ordem, familiares de internos se reuniram em frente ao Fórum para cobrar posicionamento da Justiça (Foto: Josseli Carvalho)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quem se desloca do núcleo Cidade Nova para a Nova Marabá nesta manhã de quinta-feira (18) deve se perguntar o que acontece em frente ao Fórum Juiz José Elias Monteiro Lopes. É que cerca de 50 mulheres estão mobilizadas, desde cedo, em frente à sede do Poder Judiciário em uma manifestação — a segunda em menos de um mês.

Com faixas, cartazes e um carro de som, as mulheres, que são familiares de internos do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (CRAMA), requerem do titular da Vara de Execuções Penais o direito às visitas sociais, suspensas após a rebelião ocorrida no início do ano.

Jéssica Cunha Campos, que está à frente do protesto e também é esposa de um dos internos, narra que a finalidade do reclame é saber o que se passa na casa de recuperação. “Queremos saber o que está acontecendo lá dentro. Só pedimos uma posição da Justiça e do Ministério Público. Apenas isso”, conta.

Leia mais:

Segundo ela, que não vê o marido (preso desde 2012) há dois meses, é injusto que 700 detentos paguem pelo erro de 12 (número de fugitivos na agitação carcerária). “Nós queremos visitá-los (os presos) justamente para saber como estão, porque eles (agentes prisionais) só nos repassam coisas básicas. Esse é um direito garantido em lei. Quem não cumpre a lei comete crime e queremos saber quem será responsável por pagá-lo”, exclama.

Questionada pelo CORREIO sobre se alguma denúncia foi protocolada junto ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Jéssica diz que o grupo ainda não reuniu provas para isso. “Ficamos com receio de entrar com denúncias, pois não há provas concretas ainda. Soubemos de algumas coisas que ocorreram lá — não entrarei em detalhes sobre —, mas foi apenas via áudios de WhatsApp dos internos que já saíram”, argumenta.

As mulheres aguardam um juiz ou secretário do Fórum para atendê-las e só sairão de lá quando isso acontecer. “O protesto segue até alguém vir aqui falar conosco”, afirma a líder da manifestação.

ENTENDA

Após a rebelião ocorrida no dia 4 de janeiro, o Estado iniciou uma intervenção que conteve a revolta e suspendeu as visitas sociais por 60 dias. A previsão é de que, após o dia 4 de março, elas voltem a acontecer.

Ainda em janeiro, o secretário de Administração Penitenciária, Jarbas Vasconcelos, anunciou que estão sendo construídas duas novas unidades no complexo onde fica localizado o CRAMA. Uma para o regime semiaberto, com 200 vagas, e outra para o regime fechado, com um total de 306 novas vagas. Ambos têm previsão de inauguração neste primeiro semestre de 2020. (Vinícius Soares)

Comentários

Mais

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

Instituto Cultural Vale: últimos dias de inscrições no Edital Apoia

As inscrições de projetos no Edital Apoia vão até a próxima sexta-feira, 24. A seleção realizada pelo Instituto Cultural Vale…
Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

Brasileiros são os que mais valorizam vacinação, mostra estudo

O Brasil é o país que mais valoriza a imunização entre oito nações estudadas em um levantamento global feito pelas…
AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

AQNO: CTA ganha embaixador informal, que fala abertamente sobre “posithividade”

Chegar até aqui e falar abertamente sobre o HIV não foi um caminho fácil. As dificuldades, o medo, a insegurança,…
Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Butantan começa a negociar doses da CoronaVac com cinco estados

Após cumprir dois contratos que previam a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde, o…
Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Sefa apreende 20 mil litros de diesel e 12 mil garrafas de cerveja

Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), da Unidade de Mercadorias em Trânsito de Carajás, no sudeste do Pará,…
Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). O lote chegou ao Aeroporto Internacional…