Correio de Carajás

MP vê irregularidades em escolas de tempo integral em Marabá

 

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) por meio da promotora de Justiça de Marabá, Mayanna Silva de Souza Queiroz, realizou visita de inspeção esta semana em quatro escolas da rede pública que oferecem o ensino médio em tempo integral. A visita foi feita a convite da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Durante a inspeção, foram constatadas irregularidades. A visita foi realizada pela secretária de Estado de Educação, Ana Claudia Serruya Hage, juntamente com a promotora de Justiça Mayanna Silva e por técnicos do Gati-Marabá do MPPA, o pedagogo Jairo Mororó e o engenheiro civil Luís Antônio, que puderam avaliar as condições de funcionamento das escolas.

Leia mais:

Após a realização da inspeção, a Promotoria de Justiça de Marabá irá realizar visita mais aprofundada para que seja encaminhado ao Estado medidas de ajustes nas escolas. “Considerando que as visitas foram apenas a título de acompanhamento por convite da Seduc, e tendo em vista que ainda existem inadequações a serem sanadas, será solicitada à equipe do GATI-Marabá a realização de vistorias nas escolas, a fim de recomendar à Seduc as devidas adequações”, frisa a promotora Mayanna Queiroz.

As escolas da rede pública de Marabá visitadas pelo Ministério Público e Seduc foram Gaspar Viana, Gabriel Sales Pimenta, Liberdade e Plínio Pinheiro.

 

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) por meio da promotora de Justiça de Marabá, Mayanna Silva de Souza Queiroz, realizou visita de inspeção esta semana em quatro escolas da rede pública que oferecem o ensino médio em tempo integral. A visita foi feita a convite da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Durante a inspeção, foram constatadas irregularidades. A visita foi realizada pela secretária de Estado de Educação, Ana Claudia Serruya Hage, juntamente com a promotora de Justiça Mayanna Silva e por técnicos do Gati-Marabá do MPPA, o pedagogo Jairo Mororó e o engenheiro civil Luís Antônio, que puderam avaliar as condições de funcionamento das escolas.

Após a realização da inspeção, a Promotoria de Justiça de Marabá irá realizar visita mais aprofundada para que seja encaminhado ao Estado medidas de ajustes nas escolas. “Considerando que as visitas foram apenas a título de acompanhamento por convite da Seduc, e tendo em vista que ainda existem inadequações a serem sanadas, será solicitada à equipe do GATI-Marabá a realização de vistorias nas escolas, a fim de recomendar à Seduc as devidas adequações”, frisa a promotora Mayanna Queiroz.

As escolas da rede pública de Marabá visitadas pelo Ministério Público e Seduc foram Gaspar Viana, Gabriel Sales Pimenta, Liberdade e Plínio Pinheiro.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.