Correio de Carajás

MP recomenda que Prefeitura de Marabá reveja estratégias de combate ao coronavírus

Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mayanna Queiroz, promotora de justiça, também recomenda que o Governo do Estado reavalie o bandeiramento da região

Nesta sexta-feira (3), o Ministério Público do Estado do Pará recomendou que a Prefeitura Municipal de Marabá acompanhe e fiscalize de forma continuada, através de políticas públicas, o combate à disseminação do coronavírus na cidade.

Mayanna Silva de Souza Queiroz, promotora de Justiça que assina o documento, fez uma análise do quadro em que o Hospital Municipal de Marabá, o único atualmente que atende pacientes infectados pela covid-19, se encontra atualmente.

De acordo com informações do MP, foi solicitado ao secretário municipal de saúde informações acerca das medidas adotadas pelo governo no âmbito do HMM. Contudo, não foi apresentada nenhuma resposta.

Leia mais:

Com a curva epidemiológica em ascensão e hospitais públicos e privados com leitos lotados, Mayanna Queiroz recomendou que seja feita uma reunião do Comitê Covid-19 no prazo de 24 horas. O objetivo é reavaliar as medidas de prevenção e controle da infecção.

Além disso, a solicitação é de que a Divisão de Vigilância Sanitária faça um estudo epidemiológico e que o município amplie a testagem da doença, principalmente o teste swab, já que a demora em diagnosticar os pacientes e a insuficiência da testagem leva à inevitável subnotificação.

O MP recomenda ainda que sejam revistas as estratégias de vacinação em parceria com a Coordenação de Imunização Estadual, e que sejam promovidos treinamentos aos profissionais de saúde da rede pública.

Dentre as solicitações emitidas pela instituição, está que o município faça um normativo estabelecendo sanções em caso de descumprimento das normas. No decreto pode conter a suspensão de todo e qualquer evento, seja público ou privado, em que haja grande agrupamento de pessoas enquanto persistir a emergência sanitária evidenciada.

Que seja exigida dos servidores públicos a carteira de vacinação contendo as duas doses e que a apresentação do documento vacinal seja feita em todos os órgãos públicos do município e em agências bancárias, cartórios e estabelecimentos com grande fluxo, como shopping, supermercados, academias, templos religiosos, bares e restaurantes.

Por fim, a promotoria recomenta que seja reformulada, em um prazo de 48 horas, a análise técnica da implantação de barreiras sanitárias, com o objetivo de controlar o fluxo de chegada e saíde de pessoas sem imunização, e que a prefeitura atualize diariamente o boletim epidemiológico, contendo todas as informações necessárias.

Governo do Estado

Em outro documento, a recomendação é voltada à Secretaria de Saúde Pública do Estado do Pará.

Mayanna Queiroz recomenda que sejam feitas imediatamente reavaliações do bandeiramento da região, ressaltando o aumento exponencial da região e das centrais covid-19 de Parauapebas e Dom Eliseu.

O órgão acredita que devam ser reativados os atendimentos de UTI e enfermaria para pacientes infectados pela covid-19, atendendo no Hospital Regional do Sudeste do Pará a demanda de pacientes graves suspeitos ou confirmados dos municípios da região. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou o orçamento do Fundo Socioambiental na modalidade Apoio Continuado de…
Anvisa determina recolhimento de autoteste de covid-19

Anvisa determina recolhimento de autoteste de covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de mais um autoteste de covid-19 – o meuDNA PCR-LAMP Autocoleta…
Tamanduá é resgatado pela Semma no Rio Tocantins

Tamanduá é resgatado pela Semma no Rio Tocantins

Nesta terça-feira (25) a equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Marabá (Semma), em ação conjunta com…
Pará recebe lotes da Pfizer para público infantil e mais doses da Coronavac

Pará recebe lotes da Pfizer para público infantil e mais doses da Coronavac

O Estado do Pará recebeu, na madrugada desta quarta-feira (26), duas remessas de vacinas contra a Covid, enviadas pelo Ministério…
Testes para covid-19 passam a ser feitos no CDC, em Parauapebas

Testes para covid-19 passam a ser feitos no CDC, em Parauapebas

A partir desta quarta-feira (26), o Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC), em Parauapebas, passa a funcionar diariamente – incluindo finais…
Boa notícia: Rio Tocantins baixou 2 metros em uma semana

Boa notícia: Rio Tocantins baixou 2 metros em uma semana

Ao amanhecer esta quarta-feira (26) com 11,10 metros acima do normal em Marabá, o Rio Tocantins recuou dois metros desde…