Correio de Carajás

MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Espaço em Pindamonhangaba foi fechado nesta quarta em ação do MP que flagrou 46 pacientes que faziam tratamento contra dependência; eles estavam trancados em quartos e sem acesso às chaves. Dois funcionários foram presos; segundo a polícia, donos vão responder por sequestro.

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos que, segundo a Polícia Civil, eram mantidos em cárcere privado em uma clínica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. No entanto, nesta quinta-feira (5), o artista divulgou um vídeo em uma rede social dizendo que não estava no local . O G1 confirmou que o nome completo do ator, incluindo a filiação, consta no boletim de ocorrência registrado sobre o caso na Polícia Civil.

O local foi fechado em uma ação do MP nesta quarta-feira (4), após denúncias por maus-tratos. Lá, estavam 46 pacientes que faziam tratamento contra dependência química. Eles estavam trancados em quartos e sem acesso às chaves.

Os pacientes informaram ainda que tinham ligações com os familiares controladas e monitoradas pelos donos do local. Dois funcionários foram presos.

 

Boletim de Ocorrência lista Sérgio Hondjakoff entre os pacientes que estavam na clínica — Foto: Reprodução
Boletim de Ocorrência lista Sérgio Hondjakoff entre os pacientes que estavam na clínica — Foto: Reprodução

A polícia informou que, embora houvesse no espaço medicamentos que exigem prescrição médica, os funcionários não tinham receita. Além disso, os internos contaram que tiveram de pagar uma taxa à clínica para serem vacinados contra a Covid-19. Segundo a polícia, os donos vão responder por sequestro.

Os internos passaram por entrevistas com assistentes sociais. Alguns deles foram encaminhados para outras clínicas de reabilitação ou clínicas psiquiátricas.

O G1 apurou que a polícia entrou em contato com a família do ator e que ele ficaria sob cuidados da assistência social da prefeitura de Pindamonhangaba até a chegada de familiares.

A polícia não informou há quanto tempo Sérgio estava sob cárcere.

Apesar de o ator negar em vídeo, o boletim de ocorrência do caso obtido pelo G1 diz que ele foi até a delegacia após a operação conjunta entre MP e Polícia Civil.

Trajetória

 

O ator participou de “Malhação” entre 2000 e 2006, no papel de Artur Malta, o Cabeção. Atualmente, estava morando em Resende (RJ).

Nas redes sociais, sua última postagem antes do caso foi em 10 de maio, quando publicou em seu perfil no Instagram uma foto em que aparece ao lado de Cauã Reymond na época em que atuaram juntos na série.

“Feliz aniversário, meu querido Amigo @cauareymond. Saudades de você!!!”, diz a legenda.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

DIREITO DE RESPOSTA

DIREITO DE RESPOSTA

A empresa Carreta Furacão, situada na cidade de São Paulo, entrou em contato com o Portal CORREIO DE CARAJÁS e…
Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) requereu à farmacêutica estadunidense Janssen e a sua representante no Brasil Cilag a…
Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Enganoso UOL Poder360 Correio do Estado A Gazeta (ES) Folha GZH CORREIO (BA) BandNews FM EstadãoVídeo engana ao indicar que…
Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

A presidente do conselho de administração da rede varejista Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, entrou para a lista das 100…
Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

A Associação de Hortifrutigranjeiros, Pescadores e Ribeirinhos de Marabá, localizada na comunidade Boa Esperança, distante 15 quilômetros, próximo à região…
MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

Uma resolução do Ministério da Educação publicada no Diário Oficial da União de hoje (17) autoriza os gestores das escolas públicas de educação básica…