Correio de Carajás

Motorista embriagado invade complexo penitenciário

DOIDÃO!

Momento em que agente do DMTU chega com a maleta do etilômetro/Foto: Diego Costa/TV Correio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na noite do último domingo (14), por volta das 21h, mais um caso de embriaguez ao volante se registrou em Marabá. Mas dessa vez não foi um caso qualquer: um motorista simplesmente entrou no Complexo Penitenciário de Marabá e parou o veículo em frente ao portão do Centro de Recuperação Feminino de Marabá (CRFM). Ele foi contido por policiais penais, que agiram com muita sobriedade – diferente do condutor -, e perceberam que não se tratava de nada mais grave. Era apenas mais um bebum.

O homem ao volante foi identificado como Tiago Lopes da Silva. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde uma equipe do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) foi acionada. Tiago foi então submetido ao etilômetro (famoso teste do bafômetro), constatando 1,01 mg de álcool por litro de ar alveolar: crime de trânsito.

De acordo com Boletim de Ocorrência Policial feito pelo policial penal Ricardo Freitas Queiroz Guimarães, Tiago conduzia um Celta de placa OBX-7417. Depois de entrar na parte externa do complexo penitenciário, ele parou o veículo em frente ao prédio do CRF e jogou o automóvel contra a calçada, saiu do veículo e se posicionou na parte de trás do carro.

Leia mais:

Nesse momento, os agentes penais o mandaram sair detrás do veículo com as mãos na cabeça e se deitar no chão. Os policiais deram a ordem por três vezes, mas Tiago não obedeceu, de modo que um dos policiais penais efetuou um tiro de advertência. Talvez pelo estampido do tiro, o efeito da cachaça deu uma diminuída e ele viu que o negócio era sério. Tiago, então, se deitou no chão com as mãos na cabeça.

Quando os policiais penais se aproximaram do cidadão, a catinga da cachaça subiu e ficou nítido que se tratava de mais um caso de embriaguez ao volante.

Em tempo: desde o dia 12 de maio deste ano, não existe mais o Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama). O Complexo Penitenciário de Marabá é formado pela Unidade Semiaberto Masculino, Cadeia Pública de Marabá e Centro de Recuperação Feminino de Marabá. (Chagas Filho)

Comentários

Mais

Roubo de R$ 40 mil em bar é registrado em vídeo; veja

Roubo de R$ 40 mil em bar é registrado em vídeo; veja

O assalto ao bar do Bairro da Paz, em Parauapebas, que culminou na prisão de Kaio Lucas Mendanha Feitosa e…
Acidente de trânsito mata homem em Altamira

Acidente de trânsito mata homem em Altamira

No início da madrugada do último dia 15 um acidente de trânsito causou a morte do motociclista Edvan Paiva do…
Cadáver encontrado na zona rural de Pacajá

Cadáver encontrado na zona rural de Pacajá

Continua sem identificação o cadáver de um homem encontrado na zona rural do município de Pacajá. A Polícia Civil abriu…
Dois homicídios marcam esta segunda em Uruará

Dois homicídios marcam esta segunda em Uruará

Duas mortes violentas marcaram o início desta semana na cidade de Uruará. As vítimas foram identificadas como Cícero Chavier de…
Clandestinos e agentes do DMTU se estapeiam e vídeos viralizam

Clandestinos e agentes do DMTU se estapeiam e vídeos viralizam

Os vídeos de motoristas que fazem transporte lotação de forma clandestina trocando sopapos em via pública com agentes do Departamento…
Tailândia: Prefeito Macarrão sofre tentativa de homicídio

Tailândia: Prefeito Macarrão sofre tentativa de homicídio

O prefeito do Município de Tailândia, Paulo Liberte Jasper (Macarrão), de 70 anos, foi alvo de uma tentativa de homicídio…