Correio de Carajás

Morador da Pioneira captura cobra que devorava as galinhas do quintal

Delano Alencar capturou sozinho a sucuri que vinha lhe dando prejuízo / Fotos: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os prejuízos da enchente vão além de perder móveis e eletrodomésticos para alguns moradores de áreas alagadiças em Marabá. O operador de caldeiras, Delano Alencar, por exemplo, perdeu algumas aves que criava para uma enorme sucuri, que vez em outra surgia para “fazer uma boquinha” no quintal.

A cobra não teve tanta sorte na manhã desta segunda-feira (22), quando acabou capturada, antes que pudesse fazer a refeição. O próprio Delano foi quem a deteve, no quintal, na Rua Benjamin Constant, no Núcleo Marabá Pioneira.

O Correio de Carajás, em conversa por telefone com o operador de caldeiras, descobriu que essa situação ocorre com frequência durante as cheias dos rios Itacaiunas e Tocantins. “Eu crio algumas galinhas para que não deixem o quintal encher de mato, mas toda vez que o rio enche uma [cobra] aparece para fazer visita”, relata.

Leia mais:

Desta vez, Delano deu por falta de duas galinhas e ao procurar encontrou a responsável pelo sumiço das aves. Ele não se intimidou pelo animal selvagem, capturando-o com maestria. “Não podemos ter esse prejuízo, não! O frango tá caro”, brinca o operador de caldeiras.

Ele guardou a serpente em uma caixa d’água e acionou o Corpo de Bombeiros via Núcleo Integrado de Operações (Niop). No entanto, a equipe demorou a atender o caso, o que levou Delano a decidir soltar o animal na área alagada do Bambuzal – principal via de acesso à Marabá Pioneira. “Se soltar ela por aqui amanhã está de volta, para tomar café da manhã de novo”, brinca.

Alencar é consciente e não matou a cobra, atitude considerada admirável tendo em vista que em outras situações semelhantes o ser humano prefere acabar com a vida do animal. “Não tem por quê fazermos isso”, defende.

ENCANTADOR DE SERPENTES?

Essa não é a primeira vez que Delano captura uma cobra. Ele relembrou ao Correio de Carajás, pelo menos duas situações em que precisou agir com a coragem – que poucos têm.

Na enchente de 2017, uma serpente apareceu no bambuzal da Marabá Pioneira e a própria população o chamou para ajudar a equipe do Corpo de Bombeiros a resgatá-la.

A segunda vez foi na enchente de 2019, em situação igual a desta segunda-feira. A sucuri apareceu para “papar” uma das galinhas, no quintal, mas foi pega por Delano e solta em outra área.

Ao ser questionado sobre as habilidades para a captura, Delano diz apenas não ter medo. “Já vi na televisão alguns profissionais do meio ambiente manipulando serpentes e aprendi um pouco”, revela.

Aos que não possuem a mesma coragem que Delano, a recomendação é acionar o Corpo de Bombeiros pelo 190 ou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), pelo 3323-0571 ou pelo celular (94) 99233-0523. (Zeus Bandeira e Josseli Carvalho)

Comentários

Mais

Mega-Sena: aposta única leva prêmio de R$ 43,2 milhões

Mega-Sena: aposta única leva prêmio de R$ 43,2 milhões

Uma aposta feita em Balneário Camboriú (SC) levou o prêmio de R$ 43,2 milhões da Mega-Sena. O apostador acertou as…
Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

Bolsonaro faz 'motociata' em SP ao lado de apoiadores

O presidente Jair Bolsonaro está em passeata pela cidade de São Paulo, em manifestação organizada por integrantes de clubes de…
Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Aos 80 anos, morre o ex-vice-presidente Marco Maciel

Morreu neste sábado (12), aos 80 anos, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel. Segundo o genro do político, Joel Braga,…
Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

Capacitação de profissionais é aposta para combater trabalho infantil

No lugar da boneca e do carrinho, a enxada e a vassoura. No lugar do tempo para estudo e descanso,…
Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

Casal passou a morar junto e construiu sua “família”

  A história de Juliana Milhomem e Victoria Kaline é semelhante à de Polyana e Amanda. Ambas se conheceram em…
Mulheres que são felizes com outras mulheres

Mulheres que são felizes com outras mulheres

“Consideramos justa toda forma de amor”. Parafraseando Lulu Santos, começamos essa história com o trecho da emblemática música “Toda forma…