Correio de Carajás

Metade das famílias no Pará usa carvão ou lenha para cozinhar

Recursos minerais e naturais foram a melhor saída para os paraenses diante do preço alto do gás (Foto: Reprodução/Jornal do Comércio)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os reflexos do desemprego e da alta de preços de produtos básicos, como o gás de cozinha, têm feito com que milhares de famílias brasileiras recorram ao uso de lenha ou carvão para cozinhar. Dados divulgados ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que quase 20% das famílias brasileiras – ou seja, um quinto das famílias – optaram pela lenha ou pelo carvão para cozinhar no ano passado. E o maior percentual de uso foi registrado no Pará, onde 57,5% das famílias, ou seja mais da metade, responderam ter usado este tipo de combustível para cozinhar.

No Maranhão, 52,2% das famílias também usaram carvão ou lenha no preparo de alimentos. Em 2016, a taxa era de 44,9% em ambos os estados. Em todo o Brasil, 14 milhões de famílias usavam lenha ou carvão para cozinhar em 2018. Foram cerca de 3 milhões de famílias a mais que em 2016.

ABASTECIMENTO

Leia mais:

O IBGE também mostrou que em 2018, 88,3% dos domicílios brasileiros ligados à rede geral de distribuição de água contavam com o fornecimento regular diário. Em 2017, esse percentual era de 86,8%. Segundo o Instituto, foi observada melhoria no abastecimento em 19 das 27 Unidades da Federação, incluindo o Distrito Federal.

De acordo com a analista do IBGE Adriana Beringuy, o aumento mais expressivo foi registrado no Distrito Federal, onde 64,4% dos domicílios recebiam água diariamente através da rede. No ano anterior, esse percentual era de apenas 43,3%, indicando uma alta de 21,1%. Na Paraíba também houve alta expressiva, de 16% dos domicílios
que contavam com o fornecimento de água diário.

(Fonte:DOL)

 

Comentários

Mais

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

Adolescente com deficiência entra para grupo prioritário de vacinação

O Governo Federal incluiu definitivamente gestantes, puérperas e lactantes, com ou sem comorbidade, no grupo prioritário de imunização contra a…
Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

Moradores do Contestado se revoltam com obra parada há nove meses

A região do Contestado, que apesar de pertencer à Marabá está localizada a 260 quilômetros da sede do município, sendo…
Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

Taxa de desemprego fica em 14,6% no trimestre encerrado em maio

A taxa de desemprego no país ficou em 14,6% no trimestre encerrado em maio deste ano, segundo dados divulgados hoje…
Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Padre Fábio de Melo brinca com o calor de Marabá e repercute nas redes sociais

Segue com grande repercussão e mais de 7 mil comentários uma postagem feita pelo padre Fábio de Melo em 29…
Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos e autoridades lamentam incêndio em galpão da Cinemateca Brasileira

Famosos usaram as redes sociais para lamentar o incêndio que atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira, localizado na Vila Leopoldina, Zona Oeste de…
Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

Justiça do Pará proíbe programação com show de Zé Vaqueiro em Melgaço, no Pará

A Justiça do Pará proibiu a programação oficial de verão da prefeitura de Melgaço, no Marajó. Um show com o…