Correio de Carajás

Marabaense tem reencontro com a Expoama a partir de hoje

A Expoama terá em sua programação – além dos shows de atrações nacionais e locais – rodeio profissional, palestras e leilões

A previsão é de receber um público de 15 mil pessoas por dia

Um dos eventos mais importantes e aguardados do calendário regional, a Exposição Agropecuária de Marabá (Expoama) retorna em 2022 em clima de grande expectativa. Nesta quarta-feira, 20, acontece a grande noite de abertura dos cinco dias de feira.  A previsão é de receber um público de 15 mil pessoas por dia.

Espalhados por toda a extensão do Parque de Exposições “José Francisco Diamantino”, os estandes de empresas dos mais diversos segmentos dão forma à maior feira do agronegócio da região. Na tarde de terça-feira, 19, a montagem do evento estava a todo vapor.

De acordo com Antônio Vieira Caetano, o Neném do Manelão, pecuarista e vice-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, até a tarde de terça 230 estandes já haviam sido fechados, mas esse número ainda iria aumentar, pois novas pessoas estavam chegando de fora de Marabá, para participarem da feira.

Leia mais:

Acompanhando de perto o trabalho de construção de seu estande, Emilson dos Santos Fonseca, um dos empresários à frente das empresas DePneus e Casa do Borracheiro, compartilhou com a Reportagem do CORREIO a expectativa de fechar bons negócios e também prospectar novos clientes.

Empresa do ramo de pneus pretende fechar negócios e prospectar novos clientes / Foto: Evangelista Rocha

 

“A feira é um momento de construir relacionamentos para negócios futuros”, aponta Emilson. Com produtos voltados para caminhões, veículos agrícolas e caminhonetes, e há 14 anos no comercio marabaense, essa é a primeira vez que as empresas participam da feira de exposições de Marabá.

“A feira é um momento de construir relacionamentos para negócios futuros”, diz Emilson dos Santos Fonseca / Foto: Evangelista Rocha

Para o empresário, exposições agropecuárias trazem novas e boas oportunidades, com expositores que proporcionam grandes novidades para o público visitante. Em 2022, o grupo de empresas já participou de feiras em Jacundá e Rondon e a próxima parada é em Xinguara.

Já Luciano Oliveira, do grupo Multsolar, acredita que nessa retomada da feira, os resultados no fechamento de negócios serão os melhores. Fundada em 2019, a empresa do ramo de energia solar participou da até então última edição da exposição, realizando muitas negociações naquela ocasião.

Fundada em 2019, a empresa realizou muitas negociações na feira do mesmo ano / Foto: Evangelista Rocha

“A Expoama é o maior evento que tem na região, confio que terão muitas transações através dela. Acredito que vai ser um lugar de muitos investimentos”, diz confiante. Durante os dias de evento a empresa de Luciano irá focar em fechar acordos com outras empresas e empreendimentos.

“Acredito que vai ser um lugar de muitos investimentos”, diz Luciano Oliveira / Foto: Evangelista Rocha

Além dos estandes expositores, barracas de comida e bebida marcam presença ao longo do evento. Este ano a praça de alimentação está a poucos metros dos portões de entrada e próxima a arena de rodeio e parque de diversões. Benigna Cardoso da Silva, em sua barraca Boizão Grill, irá oferecer aos visitantes, pratos como churrasco e panelada.

A barraca irá oferecer aos visitantes, pratos como churrasco e panelada / Foto: Evangelista Rocha

“A feira sempre representou muita coisa boa”, aponta ela que participa da exposição desde o seu primeiro ano. Empregando seis pessoas, a expectativa de dona Benigna é de fazer uma boa renda nos próximos dias. Ela conta que sempre que participa da feira a receita arrecadada é suficiente para cobrir todas as suas despesas e ainda “sobrar um pouquinho”.

“A feira sempre representou muita coisa boa”, conta Benigna Cardoso da Silva / Foto: Evangelista Rocha

PALAVRA-CHAVE: TECNOLOGIA

Na 34ª edição da Expoama, os expositores trarão grandes novidades para o agronegócio, é o que diz Neném do Manelão. “Este ano nós temos um grande número de estandes, com muitas tecnologias que não tínhamos antes”, elucida ele.

Implementos para reforma de pastagens, melhoramento genético, aplicações aéreas utilizando drones, são algumas das tecnologias apontadas por Neném. “Isto é o que agrega na feira agropecuária”, complementa. A importância dessa evolução é o seu uso a favor do agro, agregando conhecimento ao produtor rural. Para o pecuarista sem investimento em tecnologia, o agronegócio fica defasado e pouco interessante.

O pecuarista Antônio Vieira Caetano vê a tecnologia como aliada do agronegócio / Foto: Evangelista Rocha

PROGRAMAÇÃO

Ao longo dos próximos cinco dias, a Expoama terá em sua programação – além dos shows de atrações nacionais e locais – rodeio profissional, palestras e leilões.

O marco inicial da feira foi a grande cavalgada no último domingo, 17. Nesta quarta-feira, 20, acontece a cerimônia de abertura a partir das 20h. O show de estreia fica por conta da banda gospel Casa Worship.

Na quinta-feira, 21, é dada a largada no circuito de rodeio e como já é tradição, acontece o show sertanejo, que este ano será da dupla Jorge e Matheus. A apresentação é uma das mais aguardadas pelo público marabaense.

No terceiro dia de exposição, sexta-feira, 22, às 15h, haverá uma palestra com o tema “Agropecuária sustentável na Amazônia”; no início da noite, às 19h acontece o leilão de gado de elite da RR Agropecuária. Pouco depois o público poderá conferir a segunda noite de rodeio.

Já no sábado, 23, além do rodeio, os visitantes poderão assistir dois shows de nível nacional: Léo Magalhães e Luiz Martins. Para o último dia, domingo, 24, às 12h, haverá o leilão comercial SPRM; à noite acontece a última rodada de rodeios e a feira encerra com a participação de cantores locais.

Durante toda a programação haverá policiamento da Policia Militar; a presença de equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e também segurança particular. (Luciana Araújo)

Comentários