Correio de Carajás

Marabá retoma vacinação nesta quinta-feira

Vacinação para segunda chamada da primeira dose e para a segunda dose será retomada nesta quinta/Foto: Evangelista Rocha

COVID-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O município também iniciou campanha para explicar que todas as vacinas aplicadas no município são seguras e ninguém precisa escolher marca

Depois de 11 dias, a Prefeitura de Marabá retoma o calendário de imunização contra a covid-19, nos próximos dias 8 e 9 (quinta e sexta-feira, conforme tabela abaixo). A retomada marca também o lançamento de uma campanha que incentiva as pessoas a não se preocuparem com a marca da vacina. Esse período sem aplicar vacinação ocorreu porque o município não havia recebido mais remessas dos imunizantes, situação que agora se regularizou.

De acordo com o calendário disponibilizado pela prefeitura, todos que estão com a carteira aprazada para a 2º dose devem procurar a Escola Anísio Teixeira, no Núcleo Cidade Nova, e a Escola Jonatas Pontes Athias, na Folha 22 (Nova Marabá). É obrigatório apresentar o documento original com foto, cartão do SUS e carteirinha de vacinação.

Leia mais:

Por outro lado, o Centro de Convenções (Folha 30, Nova Marabá) será disponibilizado para atender a segunda chamada do público alvo que não tomou a primeira dose. É o caso dos professores do Ensino Fundamental, médio, profissionalizante e superior, com 18 anos a mais, assim como outros trabalhadores da Educação.

No mesmo período (dias 8 e 9) será também a segunda chamada para os profissionais de Saúde, a partir de 18 anos, assim como para motoristas e cobradores de transporte coletivo rodoviário e urbano e de longo curso (a partir de 18 anos). É também a segunda chamada para todas as comorbidades, com mais de 18 anos.

Também no Centro de Convenções, na quinta e sexta-feira, será feita a segunda chamada para gestantes, puérperas (que deram à luz há pouco tempo), para todos os garis e pessoas com deficiência permanente e idosos de forma geral.

Vale dizer que, além da documentação geral (cartão do SUS, carteira de vacinação e documento com foto), cada pessoa que pertence a um dos grupos prioritários deve apresentar algum documento que comprove isso, como atestado médico, contracheque ou algum tipo de declaração.

A última data de vacinação em Marabá ocorreu nos dias 26 e 27 (último final de semana de julho), quando foram imunizadas cerca de 14 mil pessoas acima de 35 anos. Agora, com o retorno da imunização, a prefeitura lança uma campanha com o seguinte tema: “Sabe qual a melhor vacina contra a covid-19? Todas”.

A prefeitura incentiva que ninguém deixe de se vacinar, quando chegar o seu momento, e faz questão de deixar claro que todas as vacinas utilizadas em Marabá são seguras, aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e liberadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (Chagas Filho)

Comentários

Mais

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

Covid-19: Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou em comunicado hoje (23) que ainda não há evidências suficientes para uma…
ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

ONS prevê cenário energético "sensível" até novembro

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) revisou as previsões para o atendimento de energia ao Brasil até novembro e…
DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…