Correio de Carajás

Marabá registra 18 acidentes com postes em menos de 3 meses

Foto: Ascom Equatorial
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

 A falta de atenção no trânsito é um dos responsáveis pelos mais de 700 acidentes com postes registrados de janeiro até a primeira quinzena do mês de março de 2021, pela Equatorial Energia Pará. Santarém e Belém, a exemplo do ano passado, continuam sendo os municípios que registram o maior índice de acidentes, os conhecidos abalroamentos, mesmo diante do cenário da pandemia provocada pela covid-19.

Só em Santarém foram 282 batidas em postes. Em seguida aparece a capital, Belém, com 187 ocorrências. Parauapebas teve 25 postes atingidos por veículos; 21 em Altamira, 19 em Castanhal e Marabá foram 18.

Os números preocupam a Equatorial Energia Pará que tem alertado os motoristas para os perigos e riscos com a rede elétrica. É que o impacto da batida, pode ocasionar ferimentos sérios aos ocupantes dos veículos, inclusive acidentes com vítima fatal, além de falta de energia nas residências e comércios.

Leia mais:

No levantamento feito pela Equatorial, muitos desses acidentes acontecem por fatores como: excesso de velocidade, más condições das vias, estado de embriaguez do motorista, sonolência do condutor ou mesmo falhas mecânicas e a utilização de celular enquanto dirige para responder mensagens ou ligações.

O executivo de Segurança da Equatorial Pará, Alex Fernandes, reforça o trabalho de conscientização no trânsito que precisa ser intensificado com o intuito de amenizar os casos. “Estamos vivendo uma pandemia, com hospitais superlotados e uma boa parte da população sendo obrigada a ficar em casa, e, sem dúvida, precisando de um serviço de qualidade, portanto, esses acidentes, acabam prejudicando a todos”, explica.

PREJUÍZOS

No ano de 2020, a Equatorial Energia Pará registrou 3.125 batidas em postes evale ressaltar que, quando há quebra da estrutura e rompimento de fiação, o custo mínimo de material e serviço é superior a R$ 4 mil. De acordo com o Artigo 927 do código civil, quem, por ato ilícito, causar danos a terceiros, fica obrigado a repará-lo. Dessa forma, o valor total dos reparos e os danos aos clientes devem ser pagos pelo motorista que podem ser acionados judicialmente. 

Para evitar maiores transtornos a Equatorial Energia Pará desenvolve ações educativas e constrói defensas no entorno de postes em rotas consideradas perigosas, que têm como objetivo amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes, ajudando a preservar a vida das pessoas.

ORIENTAÇÕES

A Equatorial orienta que as pessoas não se aproximem de fios e cabos partidos ou caídos e que não toquem em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Em caso de ocorrências dessa natureza, que envolvam a rede elétrica, a recomendação é que a população entre em contato por meio da Central de atendimento através do 0800 091 01 96, e informe o local com ponto de referência.

Caso a vítima esteja dentro de um veículo e o cabo cair e permanecer sobre ele e aguardar socorro do Corpo de Bombeiros. É preciso permanecer dentro do veículo e não pegar na parte metálica pois pode ter ocorrido condução de corrente através dos pneus. (Ascom Equatorial Energia Pará)

Comentários

Mais

Marabá começa a vacinar a população com mais de 40 anos no sábado

Marabá começa a vacinar a população com mais de 40 anos no sábado

Mais uma importante faixa etária, que representa grande parcela da população adulta em geral, será finalmente imunizada contra a covid-19…
Do tradicional ao moderno, Marabá é referência em festa junina

Do tradicional ao moderno, Marabá é referência em festa junina

Fogueira, bandeirinhas, quadrilhas e roupas xadrez e floridas. Pelo segundo ano consecutivo o tradicional festejo junino que acontece por todo…
Sefa apreende 12.500 vidros de palmito

Sefa apreende 12.500 vidros de palmito

Servidores da Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa), lotados na Coordenação de Mercadorias em Trânsito de Carajás, com sede em…
Falta de médicos no HMM repercute na Câmara

Falta de médicos no HMM repercute na Câmara

A constante falta de médicos em plantões no Hospital Municipal de Marabá (HMM) foi o tema mais debatido na sessão…
Lojas, escolas e até crossfiteiros capricham no arraiá de Parauapebas

Lojas, escolas e até crossfiteiros capricham no arraiá de Parauapebas

O Dia de São João é comemorado nesta quinta-feira (24) e Parauapebas entrou com tudo no clima junino de diferentes…
Prefeitura de Curionópolis lança o programa "Obras por toda a cidade"

Prefeitura de Curionópolis lança o programa "Obras por toda a cidade"

A Prefeitura de Curionópolis lança, nesta quinta-feira (24), o programa “Obras por toda cidade”. A cerimônia acontece às 16 horas…