Correio de Carajás

Marabá: Polícia procura dupla que executou mulher

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Disque Denúncia acaba de divulgar as fotos dos indivíduos que tiraram a vida de uma jovem de apenas 20 anos em Marabá. Os acusados são Gabriel Gomes da Silva e Gustavo de Souza Prestes. A vítima é Ana Victória Guimarães Rocha, assassinada na noite de 17 de março, na Avenida José Gonçalves da Silva, situada no Residencial Tiradentes.

Na época do crime, a Polícia Militar foi acionada via Núcleo Integrado de Operações (NIOP-190) para atender a uma ocorrência de assassinato. A moça residia nas imediações do local onde foi morta pelos criminosos.

Ana Victória foi morta a tiros no dia 17 de março pelo “tribunal do crime”

O Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” foi acionado para fazer a remoção do corpo da jovem. As investigações do crime que abalou a comunidade local estão a cargo da Delegacia de Homicídios da 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Leia mais:

Consta, em boletim policial, que Ana Victória já tinha sofrido outras duas tentativas de assassinato em datas anteriores. Um desses atentados aconteceu na Orla da Marabá Pioneira, quando a vítima morava no bairro Francisco Coelho, o popular “Cabelo Seco”, em fevereiro deste ano.

Depois, já no Residencial Tiradentes, foi alvo de um ataque a facadas. Nas duas ocasiões ela escapou. Mas na noite de 17 de março, para tristeza de familiares e amigos, ela não conseguiu escapar das garras do “tribunal do crime”.

Na época do crime, o delegado Vinícius Cardoso das Neves, diretor da 21ª Seccional, informou que Ana Victória havia sido orientada de forma veemente por agentes de segurança pública a se retirar daquela localidade, porque ela já havia sofrido outros dois atentados. “No entanto, infelizmente, ela sofreu uma nova emboscada e veio a óbito”, informou o delegado.

O Departamento de Homicídios chegou aos nomes dos dois acusados após realizar diversas diligências. A vida pregressa da vítima ajudou na identificação dos suspeitos. Fotos compartilhadas em redes sociais mostravam Ana Victória empunhando armas de fogo.

Familiares da vítima também informaram à polícia que a jovem seria envolvida com o mundo da criminalidade, mas ela não respondia a nenhum processo criminal.

Todas as informações foram se encaixando como peças de um quebra-cabeças até chegar aos nomes de Gabriel Gomes da Silva e Gustavo de Souza Prestes, que agora são oficialmente foragidos de Justiça.

SAIBA MAIS

Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Gabriel e Gustavo deve entrar em contato com o Disque Denúncia Sudeste do Pará através dos canais de atendimento: telefone (94) 3312-3350; WhatsApp (94) 98198-3350; Aplicativo Disque Denúncia Sudeste do Pará. (Chagas Filho)

Comentários

Mais

Possível suicídio em delegacia de Rondon é investigado

Possível suicídio em delegacia de Rondon é investigado

Entrou em investigação um possível suicídio acontecido dentro da Delegacia de Polícia Civil de Rondon do Pará na manhã deste…
Traficante usava filha na comercialização da droga

Traficante usava filha na comercialização da droga

Foi preso neste sábado (19) Elenildo Escardoa da Silva, acusado de tráfico de drogas e corrupção de menor, no bairro…
Marabá: Federal realiza flagrante de droga apreendido pela PRF

Marabá: Federal realiza flagrante de droga apreendido pela PRF

A Delegacia da Polícia Federal de Marabá/PA recebeu uma ocorrência policial apresentada pela PRF, tratando-se de um transporte de drogas…
Mulher sofre injúria racial e ameaça de morte

Mulher sofre injúria racial e ameaça de morte

Foi apresentado às autoridades de polícia: Cleiton Sousa dos Santos, de 34 anos, no bairro Tropical II, em Parauapebas. O…
Pai perde filho em acidente de moto

Pai perde filho em acidente de moto

Nesta sexta-feira (18) um acidente envolvendo uma moto e um carro com caçamba vitimou Jardson Carvalho Santos, de 18 anos,…
Divisão de Homicídios faz investigação em Altamira

Divisão de Homicídios faz investigação em Altamira

A conclusão do trabalho de perícia no cadáver de um homem encontrado enforcado com ferimentos nos pulsos e na região…