Correio de Carajás

Marabá inicia 2ª etapa de vacinação contra a gripe

Dona Maria recebeu a vacina dentro do carro / Fotos: Josseli Carvalho
Dona Maria recebeu a vacina dentro do carro / Fotos: Josseli Carvalho
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A movimentação em postos de saúde, associações e hospitais de Marabá começou cedo nesta sexta-feira (17), reflexo do início da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Desta vez, o público-alvo são agentes de segurança e salvamento e pessoas com doenças crônicas, comorbidades e outras condições clínicas especiais. Também estão contemplados nesta fase caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo e portuários. As três categorias foram incluídas porque, prestando serviços essenciais, estão mais expostas à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Até agora, apenas pessoas com mais de 60 anos e profissionais da área da saúde podiam receber a vacina na rede pública. Entretanto, aqui em Marabá, devido à cheia dos rios, parte do pacote da primeira fase foi aplicada em famílias flageladas. Isso provocou uma ruptura no calendário do Ministério da Saúde, fazendo com que os idosos e os profissionais de saúde não recebessem as 13 mil doses destinadas ao município. Na ocasião, as vacinas se esgotaram em menos de 48 horas. A situação chegou a ser denunciada pelos vereadores Irismar Nascimento Araújo Melo e Marcelo Alves dos Santos junto ao Ministério Público Federal (MPF).

Como parcela considerável de idosos ficou sem receber a dose na primeira etapa, muitos se dirigiram aos locais de vacinação ao longo do dia a fim de que pudessem se imunizar, a exemplo da aposentada Maria Martins, de 83 anos. Ela narra que esteve no Centro de Saúde Enfermeira Zezinha, na Folha 23, ainda na primeira etapa, mas o que encontrou foi estoque vazio. “Cheguei ao posto e me disseram que acabou (se referindo às vacinas), então eu voltei para casa e esperei a nova fase da campanha”, relata ela.

Leia mais:
Pequena fila era vista em posto de saúde procurado pela aposentada

Dirceu Barroso, gerente do posto Hiroshi Matsuda, situado na Folha 11, relembra que a vacina é destinada a caminhoneiros, profissionais das forças de segurança, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. “Quem é caminhoneiro ou motorista de transporte coletivo, deve trazer a carteirinha ou algum documento que prove ser ele um profissional em atividade”, orienta ele.

No Centro de Saúde Hiroshi Matsuda, que recebeu 500 doses, o atendimento por volta das 11 horas desta sexta-feira era tranquilo, com filas de pequena proporção. Não haverá expediente no sábado, domingo e na próxima terça-feira (21), feriado de Tiradentes. Na avaliação do gerente, contudo, as vacinas devem acabar ainda na segunda-feira (20).

Para Dirceu, apesar de não ter eficácia contra a Covid-19, a vacina contra o vírus influenza auxilia os profissionais de saúde a excluírem o diagnóstico da gripe, visto que as duas enfermidades apresentam sintomas parecidos, permitindo chegar com mais rapidez à identificação do Sars-CoV-2 (coronavírus).

SAIBA MAIS

A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe é vacinar pelo menos 90% de cada um desses grupos até 22 de maio. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação será em 9 de maio. De acordo com o Ministério da Saúde, todos os estados foram abastecidos. No ano passado, o país registrou 5.800 casos e 1.122 mortes pelos três tipos de influenza. A vacina, composta por vírus inativado, protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul no ano passado: Influenza A (H1N1), Influenza B e o subtipo da Influenza A (H3N2).

(Da Redação)

Comentários

Mais

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária

Presidente do Incra exalta reforma agrária Em seu discurso no evento em Marabá, o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho,…
Começa hoje a vacinação da  população sem prioridade

Começa hoje a vacinação da população sem prioridade

Um mutirão de dois dias vai marcar o momento tão esperado pelos marabaenses: o início da vacinação contra a covid-19…
Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

Dose extra de vacina é insuficiente para imunizar a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás recebeu do Governo do Estado 3.140 doses de vacina contra o…
Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

Venezuelanos acampados em praça recebem ‘ultimato’

A administração pública de Parauapebas trabalha para resolver a situação dos indígenas venezuelanos da etnia Warao, que estão acampados há…
Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Tião Miranda pede que Bolsonaro ajude a duplicar 3 rodovias em Marabá

Logo após a execução do Hino Nacional, no Parque de Exposições, nesta sexta-feira, dia 18, o prefeito de Marabá, Tião…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…